Gartner aponta que o mercado mundial de serviços em nuvem pública crescerá 18% em 2017

CloudIAAS
0 2 Sem Comentários

O Gartner estima que o mercado mundial de serviços de nuvem pública chegue a US$ 246,8 bilhões, acima dos US$ 209,2 bilhões registrados em 2016. O maior aumento virá dos serviços de infraestrutura de sistemas em cloud (IaaS), com crescimento previsto de 36,8% em 2017, alcançando US$ 34,6 bilhões. Já os serviços de aplicações em nuvem (SaaS) devem aumentar 20,1%, totalizando US$ 46,3 bilhões.

“O mercado global de Nuvem Pública como um todo está entrando em um período de estabilização, com um pico de taxa de crescimento de 18% em 2017 e expectativa de queda nos próximos anos. Durante a Conferência Gartner Infraestrutura de TI, Operações e Data Center, os analistas debaterão os fatores que levam algumas empresas a ainda estarem pensando sobre onde a Nuvem vai se encaixar em suas estratégias de TI, baseando-se na promessa de otimizar custos, acelerar a transformação e melhorar os resultados para a terceirização de TI (ITO). Segundo o Gartner, até 2020, as estratégias para adoção da Nuvem influenciarão mais de 50% dessas transações de terceirização”, explica Sid Nag, Diretor de Pesquisas do Gartner.

“As empresas estão buscando estratégias por causa do valor multidimensional dos serviços em Nuvem, incluindo agilidade, escalabilidade, custo-benefício, inovação e expansão dos negócios”, afirma Nag. “Embora nem todas as definições sobre terceirização resultem em migração automática para Nuvem, os compradores estão dando prioridade para Cloud nas suas decisões, fundamentados no impacto do tempo para percepção de valor pela velocidade de implementação.”

Espera-se uma  maior maturidade das soluções de SaaS nos próximos anos, mais especificamente daquelas para gerenciamento do capital humano (HCM) e das relações com o cliente (CRM), além de uma aceleração nas compras de aplicativos financeiros. 

“Com os compradores corporativos de aplicações dando prioridade para Cloud, o Gartner estima que mais de 50% das novas adoções de aplicações por grandes companhias norte-americanas serão compostas por SaaS ou outras formas de soluções baseadas em Nuvem. As pequenas e médias empresas estão ainda mais à frente na curva de adoção. Até 2019, mais de 30% dos investimentos em novos softwares dos 100 maiores fabricantes terão mudado de Nuvem como prioridade para apenas Nuvem”, completa Nag.

Os analistas do Gartner estimam, ainda, um maior crescimento de cloud na área de infraestrutura de serviços computacionais devido ao aumento da popularidade da adoção de nuvem.  Existirá, também, uma demanda forte decorrente da migração da infraestrutura para nuvem e a maior procura proveniente das cargas de trabalho que exigem mais do ambiente, como inteligência artificial – IA, Analytics e Internet das Coisas – IoT, isso  tanto no cenário corporativo como entre as startups. 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor