Redes sociais dominam escolha dos profissionais de comunicação latino-americanos

e-MarketingRedes Sociais

Para 83% dos profissionais do setor da comunicação na América Latina, as redes sociais são os canais mais importantes para a gestão da comunicação. É a principal conclusão do estudo sobre o cenário dos profissionais da área “Latin American Communication Monitor 2016-17” (LCM).

O estudo tem uma amostra de 2.295 profissionais de comunicação de 17 países. Para 39% dos inquiridos na pesquisa, os principais desafios enfrentados pelo setor são a revolução digital e a web social, enquanto para 37% deles os desafios estão na utilização de big data e dos algoritmos.

Apenas 17% dos departamentos e agências de comunicação latino-americanos implementaram big data para o monitoramento de audiências e centralização de conteúdo. Por outro lado, 64% dos profissionais valorizam positivamente o papel das agências na implementação e dinamização dos novos canais de comunicação.

Além das aptidões e das competências destes profissionais, o LCM realizou uma análise referente aos salários do setor. Uma das principais conclusões é que 75% dos profissionais na América Latina recebe um salário inferior a US$ 30 mil anualmente. Países como Bolívia, Honduras, Paraguai e Venezuela destacam-se por apresentarem salários inferiores à totalidade dos pesquisados.

Os dados do LCM serão apresentados na íntegra na I Cúpula Ibero-americana de Comunicação Estratégica, CIBECOM’17, que será realizada em Miami nos dias 5, 6 e 7 de abril. No evento, serão abordados temas como as principais tendências da comunicação corporativa nos países ibero-americanos, a importância da construção da reputação das organizações e como a sustentabilidade e a transparência contribuem para a sua gestão.

A Cibecom é uma iniciativa da Fundacom, fundação constituída pelas 12 principais associações de profissionais de comunicação ibero-americanas, que tem o objetivo de valorizar a função da comunicação nas línguas espanhola e portuguesa no mundo.

O LCM visa a pesquisa acadêmica e a prática profissional. Organizada pela Euprera, (Associação Europeia de Pesquisa e Educação de Relações Públicas, da sua sigla em inglês) com o apoio da Dircom, é uma das iniciativas conduzidas pela Fundacom e patrocinada pela Llorente & Cuenca. O estudo foi realizado por 14 universidades, sob a direção da dra. Angeles Moreno da Universidade Rey Juan Carlos (Espanha) e do dr. Juan Carlos Molleda da Universidade de Oregon (Estados Unidos).

A Euprera é a entidade acadêmica e de pesquisa referência para o setor da comunicação na Europa. Além do LCM, a organização realizou o European Communication Monitor e o Asia-Pacific Communication Monitor, sobre as tendências na gestão da comunicação nas regiões da Europa e Ásia-Pacífico.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor