Fintech Muxi recebe aporte de R$ 16 milhões

FinançasNegóciosStartup
0 0 Sem Comentários

A MUXI, fintech de plataformas para o mercado de meios de pagamento na América Latina, vai receber um investimento para acelerar o crescimento de sua operação global no valor de até R$ 16 milhões, por parte de seu novo acionista Confrapar.

A  Confrapar, umas das principais gestoras brasileiras de fundos de investimento no setor de tecnologia, fará um aporte com o intuito de incrementar ainda mais o portfólio de produtos da fintech e para que ela expanda suas operações para os Estados Unidos.

“Nosso objetivo é adicionar novos perfis de clientes em nossa carteira, entre eles bandeiras, emissores de cartões, adquirentes e sub-adquirentes”, afirma Eduardo Rocha, o novo CEO da MUXI Brasil.

A companhia anunciou, ainda, a contratação de Paulo Guzzo, ex-vice-presidente de operações da Cielo, que assumiu o cargo de CEO global da companhia e de Edward Myers, ex-CEO de uma das unidades mais importantes da Global Payments, para o comando da fintech no mercado norte-americano.

“A ideia é aproveitar a liderança da MUXI com toda sua tecnologia e conhecimento desenvolvidos no mercado brasileiro, que está 15 anos a frente dos EUA em termos de adoção do padrão EMV – o uso de cartões com chip. Em 2015, segundo os últimos dados da EMV Co, 71% dos cartões e terminais já estavam preparados para a nova tecnologia na América Latina. Já no mercado norte-americano esse número é apenas 26%”, afirma o novo CEO global da MUXI.

A empresa vai lançar, durante o segundo semestre de 2017, uma nova solução que emula o terminal POS em qualquer dispositivo móvel do cliente, o muxiWAY.

Atualmente, a companhia tem mais de 130 colaboradores e possui operações, além do Brasil e EUA, no México, Peru, Venezuela e Colômbia. 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor