Grupo Neoenergia realiza projeto de transformação digital com Dimension Data

EmpresasInovaçãoNegóciosRedes

A Neoenergia, um dos maiores grupos privados do setor elétrico do Brasil, iniciou a digitalização de sua rede de operações com a Dimension Data. As três distribuidoras de energia do grupo – Coelba (BA), Celpe (PE) e Cosern (RN) – estão migrando suas aplicações críticas de operação para redes Full IP de ponta a ponta.

A área de Tecnologia Operativa (OT) da Neoenergia está encarregada de suportar os equipamentos e comunicação de redes aplicados dentro do sistema elétrico, ou seja, todos os seus trabalhos são de missão crítica. Assim, a rede que interliga as subestações de energia com o centro de operação está sofrendo uma transformação para a era digital com a empresa do Grupo NTT.

“O sistema legado anterior não permitia a amplificação da rede, exigia os mesmos equipamentos da mesma fabricante, que eram muito limitados em relação à velocidade e à gerência”, disse José Luiz de França Neto, Gestor de Engenharia de Tecnologia Operativa da Neoenergia. “Além disso, precisávamos obter uma disponibilidade contínua, mantendo as operações 24 horas por dia sem falhas”, completou.

A Dimension Data ofereceu serviços de consultoria, forneceu o hardware da Cisco, implementou o projeto e ajudou na pós-implementação. O projeto  já foi realizado na Celpe (PE), onde toda a rede foi digitalizada em 140 subestações e na Coelba (BA) que teve parte da rede digitalizada. A Cosern (RN) está vendo sua rede ser agora implementada. As três empresas distribuem energia elétrica para quase 12 milhões de clientes nessas regiões sendo por isso de extrema importância o seu bom funcionamento.

“Com o passar dos anos, a necessidade de aumentar a capacidade de rede cresceu, porque acrescentamos outros serviços. Hoje, por exemplo, temos um sistema de medição de energia conectado diretamente às redes internas, parte de um projeto de infraestrutura de medição avançada (AMI, na sigla em inglês), que serve 250 mil clientes”, contou o executivo. “O projeto com a Dimension Data nos permitirá ampliar esse programa de smart grid para atender 4 milhões de clientes, e a expectativa é que isso seja desenvolvido em cinco anos” finalizou França Neto.

Segundo a empresa de TI, a rede de operações da Neoenergia ganhou 100% de disponibilidade, mais segurança, flexibilidade e agilidade para expandir-se. Além do mais, a gerência da rede tornou-se mais eficaz, permitindo controlar e acompanhar o sistema.

De referir que a Dimension Data conta com escritórios em 58 países, com cerca de 31 mil colaboradores e um volume de de negócios de US$ 7,4 bilhões.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor