Oracle lança programa de aceleração de startups em São Paulo

CloudEmpresasNegóciosStartup

A Oracle lançou em São Paulo, mais uma sede de seu programa global de aceleração de startups, o Oracle Startup Cloud Accelerator. A cidade sediará a iniciativa no Brasil e poderá receber inscrições de empreendedores de todo o País interessados em acelerar seus projetos.

Criado pela equipe de Pesquisa e Desenvolvimento da Oracle, o programa deve selecionar cinco startups a cada semestre, totalizando 10 empresas ao ano. A iniciativa oferecerá aos escolhidos seis meses de orientação de especialistas técnicos e de negócios, tecnologias avançadas, espaço de coworking, contato com clientes, parceiros e investidores, além de livre acesso às soluções de Oracle Cloud. O programa também oferece uma rede global em expansão composta por outras startups.

Em comunicado a imprensa, a Oracle realçou que acredita na importância de apoiar o empreendedorismo e a inovação entre empresas emergentes e sabe que iniciativas como essa são fundamentais para promover a colaboração entre diferentes negócios ao redor do mundo.

Esta é também uma forma que as empresas de TI têm de chegar mais rápido aos seus clientes com soluções dinâmicas e quase a medida. Fazer uma pesquisa e apostar em cada setor do comércio, indústria ou serviços individualmente é bem mais dispendioso do que investir em startups e fazer delas forte aliadas na divulgação e uso de soluções com base nos sistemas, neste caso Oracle Cloud. Ganhamos todos com este tipo de iniciativa da indústria de TI. As startups que sem estes programas dificilmente se podiam mostrar ao mercado, as empresas que com maior cadencia encontram soluções para a evolução do seu mercado e o usuário final que absorver a tecnologia direta e indiretamente na aquisição de produtos ou serviços.

Durante evento de lançamento em São Paulo, o vice-presidente sênior do ecossistema de aceleração de startups da Oracle, Reggie Bradford, destacou o interesse em alcançar as novas gerações com projetos inovadores. “Uma nova geração de startups está chegando no centro da inovação e estamos focados nelas. Queremos encarar novos e grandes desafios que resolvam grandes problemas. Nossa ideia é dar oportunidades para empresas que talvez nunca tenham a chance de se desenvolverem sozinhas. É hora de repensar o ecossistema de empreendedorismo, de forma que transformemos o mercado de inovação para os próximos 10 ou 20 anos.”, completou.

Fernando Lemos, vice-presidente de Inovação e Transformação Digital da Oracle na América Latina, também destacou durante a apresentação do programa para clientes, mentores e convidados: “esse ecossistema é extremamente colaborativo. A Oracle quer contribuir com o co-desenvolvimento de ideias disruptivas e sabemos que é necessário co-criar. Queremos dar de volta para o ecossistema o apoio que um dia nos foi dado. Nesse universo, quem não trocar experiências, melhores práticas, compartilhar e criar junto, não vai sobreviver ”, comentou o executivo.

Esta iniciativa teve um programa-piloto, que foi lançado na Índia em abril de 2016 e atraiu centenas de startups candidatas. Entre as participantes, muitas tiveram sucesso, o que ajudou a Oracle a desenvolver uma estrutura de apoio a essas empresas. O conjunto de soluções em nuvem que a Oracle traz aos empreendedores os recursos necessários para seus negócios e crescer em escala. Essas soluções se adaptam ao perfil e tamanho de cada empresa, personalizando o crescimento de cada uma dessas startups. 

O Oracle Startup Cloud Accelerator em São Paulo está aberto e focado em startups de tecnologia ou baseadas em tecnologia em fase inicial. As empresas interessadas poderão se candidatar até 25 de junho. Mais informações e inscrições pelo site: www.oracle.com/startup.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor