Estudo aponta fatores para impulsionar a infraestrutura social na América do Sul

Inovação

A Hitachi South America anunciou o estudo “América do Sul: Promovendo Avanços Sociais por meio da Inovação Social”, em parceria com a consultoria Frost & Sullivan, em que se compromete a entregar resultados e melhorias para desafios nas áreas de Energia, Transporte, Saúde, Água, Desenvolvimento Econômico e Urbanização

Estudo indica principais fatores para impulsionar a infraestrutura social na América do Sul dado que essa região possui várias características que contribuem para que seja uma área de exceção para o desenvolvimento econômico por meio da Inovação Social. A população jovem, abundância de matérias primas, empreendedorismo e o alto índice de urbanização, são algumas delas.

A urbanização é uma das megatendências mais poderosas que a Frost & Sullivan estuda, devido ao profundo impacto que tem na sociedade. A América do Sul é uma das regiões mais urbanizadas no mundo: 83,3% da população já mora em cidades e espera-se que esse percentual chegue a 88,7% em 2050. No Brasil, por exemplo, a população urbana chegará a 91% em 2050.

Outro destaque deste estudo é o detalhamento e a importância do setor energético para impulsionar o crescimento de cidades e economias. O Brasil concentrará os principais desenvolvimentos na região em termos de energia renovável: pequenas centrais hidrelétricas, biomassa, solar fotovoltaica e eólica serão responsáveis por 35GW de capacidade instalada adicional até 2025, com um crescimento anual composto de 10%. O país também tem um dos sistemas hidrelétricos mais importantes do mundo.

Com seu foco em Inovação Social, a Hitachi está trabalhando na transformação digital na indústria de energia com soluções inovadoras que promovem a eficiência energética e a ótima integração de fontes renováveis. Um exemplo do sucesso da empresa nesta área é a solução de economia de energia como um serviço, baseada num modelo que consiste em fornecer uma poupança garantida de eletricidade aos clientes.

“Para enfrentar os desafios na América do Sul, a inovação não é mais uma opção estratégica, e sim uma necessidade global. Precisamos refletir como é possível inovar para atender os crescentes desafios humanos e sociais de uma cidade, com novos modelos de negócios, produtos e serviços que façam sentido para as empresas e beneficiem cada vez mais os seus habitantes”, comenta Kazuhiro Ikebe, presidente da Hitachi South America.

Veja o estudo completo da Hitachi aqui.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor