McAfee lança serviço de análise de postura de segurança para empresas da América Latina

Segurança

A McAfee do Brasil acaba de anunciar um novo serviço Express Security Road Map Assessment, especialmente desenvolvido para a região da América Latina, que analisa a postura de segurança das empresas e apresenta um plano de transformação para orientar as mudanças e melhorar a segurança corporativa.

A empresa de cibersegurança identificou uma dificuldade das organizações em conhecer a própria postura em relação à segurança da informação e, em virtude dessa demanda, criou uma solução para as ajudar as equipes a melhorar esse aspecto.  

“As empresas acabam comprando muitos produtos e mesmo assim o nível de segurança continua baixo, isso porque a segurança não depende apenas da tecnologia, precisa também de processos bem definidos e pessoas bem treinadas. Por isso queremos dar maior visibilidade para os executivos e técnicos que lidam com a segurança corporativa, fazê-los enxergar onde está o problema e o que fazer para proteger os dados críticos e minimizar os riscos”, explica Jeferson Propheta, diretor de serviços de segurança da McAfee para a América Latina.

O Express Security Road Map Assessment é focado em dois pilares: governança e tecnologia. Na área da governança são analisadas as políticas, processos e procedimentos da empresa, enquanto na área da tecnologia são analisadas as situações das redes, endpoints e operações.

A equipe de especialistas analisa o estado atual de segurança da empresa e produz um relatório baseado nas melhores práticas de segurança, incluindo conceitos da ISO 27002. Em seguida é definido um Mapa de Transformação, que é um roteiro separado por áreas, problemas e níveis de criticidade, com um plano que irá endereçar os desafios encontrados e os passos para resolver cada um deles.

“O mapa mostra quais são as ações mais críticas e que merecem atenção imediata e outras que não são tão urgentes para a continuidade do negócio, mas que devem ser tratadas em médio ou longo prazo. Se existem falhas básicas nos processos não adianta comprar um produto novo antes de arrumar isso, ele não vai funcionar”, acrescenta o executivo.

Com esse serviço, as empresas beneficiam de conseguir verificar quais as áreas em que possuem maiores vulnerabilidades e, assim, corrigir esses pontos fracos para aumentar a segurança corporativa.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor