Política anti-imigração de Trump é antiamericana, diz CEO da Netflix

GestãoLegislação

O atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, é conhecido por seu posicionamento contra imigrantes. Inclusive, assim que assumiu a casa, o executivo estabeleceu uma política que bloqueia a entrada de pessoas de certas nacionalidades no país.

“É antiamericano bloquear países específicos e todas as pessoas”, se posicionou Reed Hastings, CEO da empresa de streaming de vídeos Netflix, durante o evento Code Con. A companhia foi uma das primeiras de grandes empresas de tecnologia do país a se posicionarem publicamente contra a administração nesse sentido, de acordo com o site TechCrunch.

Hastings também afirmou que não está com medo de essa declaração afetar sua base de clientes.

Outro executivo que não está muito feliz com algumas ações do governo Trump é Elon Musk, a cabeça por trás da gigante Tesla. O visionário, que hoje preenche uma posição no conselho consultivo de economia e manufatura de Trump, e ameaçou se retirar do cargo caso o presidente decida não assinar o acordo climático de Paris.

Tal acordo visa, por meio de colaboração internacional, estabelecer algumas metas e regras para redução de gases que possam provocar impactos do clima.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor