Samsung é líder de vendas de smartphones no primeiro trimestre 2017

MobilidadeSmartphones

De acordo com os resultados preliminares divulgados pela IDC sobre o primeiro trimestre do ano, foram fabricados 347,4 milhões de smartphones em todo o mundo e a Samsung retornou à liderança com 22,8% do mercado.

O mercado de smartphones aparenta estar em desaceleração mas os consumidores continuam a mostrar demanda e as vendas mundiais cresceram 4,3% nos primeiros três meses de 2017. Isso foi ligeiramente superior à previsão anterior da IDC de 3,6% de crescimento.

A Samsung é líder no mercado mundial de smartphones, apesar ter registado 0% de crescimento ano a ano. A Apple ficou em segundo lugar com uma quota de mercado de 14,9% e o terceiro lugar foi da Huawei com 9,8%. As marcas chinesas estão em alta com a Oppo e vivo a ocupar o quarto e quinto lugar, com 7,4%, e 5,2% respetivamente.

De acordo com a consultoria, a Huawei cresceu quase 22%, com a fabricação subindo de 28,1 milhões de unidades,no ano passado, para 34,2 milhões de unidades no primeiro trimestre de 2017. Os grandes responsáveis pelo bom desempenhado são as séries P e Mate.

“Os resultados dos smartphones no primeiro trimestre provam que esta indústria não morreu e que ainda existe crescimento”, indicou Ryan Reith, vice-presidete do programa Worldwide Quarterly Mobile Device Trackers da IDC.

“Não há dúvida de que 2016 foi um ano crucial para a indústria, uma vez que o crescimento caiu para um único dígito pela primeira vez, mas acreditamos que a indústria irá apresentar alguma recuperação em 2017 e os fortes resultados do primeiro trimestre certamente apoiam esse argumento. Além do que foi lançado no 1T17, os grandes anúncios da Huawei com os dispositivos P10 e Samsung com os dispositivos Galaxy S8 mostram que a inovação ainda é possível”, acrescenta o analista.

A IDC refere, ainda, que o crescimento na indústria se deve, em muito, aos fabricantes OEM chineses em que os claros líderes, Huawei, OPPO e vivo, serão os que mais vão contribuir para o  sucesso do mercado nesse ano.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor