Brasil permanece em 69º lugar do Índice Global de Inovação

InovaçãoInvestigação

O Brasil permanece em 69º lugar no Índice Global de Inovação (GII).  Na listagem feita por região (América Latina e Caribe), o País figura a sétima posição de 18.

De acordo com o documento, o Brasil “possui um sistema de inovação relativamente bem desenvolvido e uma infraestrutura científica favorável”, mas ainda enfrenta grandes desafios quando o assunto é “incentivar ciência e tecnologia e criar um ecossistema mais sustentável para a inovação” – do ponto de da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

A melhor colocação para o País já registrada foi em 2011, quando o Brasil respondia pelo 47º lugar. Ainda no ranking regional, o País perde para o Chile, Costa Rica, México, Panamá, Colômbia e Uruguai.

“As classificações do Índice Global de Inovação desta região não registraram progressos significativos, relativamente a outras regiões, no decorrer dos últimos anos, e nenhum país da América Latina e do Caribe mostra atualmente desempenhos notáveis em matéria de inovação, levando em conta o seu nível de desenvolvimento”, aponta o documento.

Apesar disso, o Índice também afirma que as principais economias da região, como Chile, México, Brasil e Argentina, registraram bom desempenho com relação a instituições, infraestrutura e sofisticação empresarial.

“[esses países] registram bons desempenhos nas áreas do capital humano e de pesquisa, tais como a qualidade de suas universidades, matrícula em educação superior e presença de empresas globais de P&D, assim como em matéria de tecnologia da informação e das comunicações, graças aos seus altos índices relativos a serviços oficiais on-line e de participação on-line”, detalha o relatório.

O ranking, divulgado na última quinta-feira, avalia o desempenho de 127 países. Pelo sétimo ano consecutivo, a Suíça encabeça a lista, seguida pela Suécia e Holanda, em segundo e terceiro lugares, respectivamente.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor