Cineastas ensinam Watson da IBM a fazer filmes

InovaçãoNuvemProjetos

É certo que a inteligência artificial está evoluindo a cada dia e mais, a tecnologia está sendo explorada para atuar em diversas áreas. Um exemplo disso é a IBM que, em parceria com o Tribeca Film Festival, está contando com a ajuda de cineastas para ensinar o Watson a fazer filmes.

Nesta semana, um grupo de artistas e cientistas se reuniu para estudar novas formas de usar o supercomputador da empresa para fazer arte. O evento acabou selecionando cinco finalistas de uma porção de sugestões enviadas por meio de formulário.

Os selecionados precisaram apresentar suas ideias como em um pitch de startup e o júri escolheria um para premiar – no caso, o cineasta e jornalista Seth Grossman, que propôs um algoritmo que encontra significados em palavras e imagens para facilitar a edição de vídeos.

Essa não é a primeira vez que o Watson é utilizado na área de entretenimento e filmes. No ano passado, o supercomputador foi ensinado para que pudesse selecionar partes do longa “Morgan” e, a partir daí, desenvolver um trailer.

O resultado você pode conferir abaixo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor