Facebook tem nova missão: aproximar o mundo

e-MarketingEmpresasNegóciosRedes Sociais

O Facebook anunciou nesta semana uma nova missão para a sua rede social na próxima década: “Dar às pessoas o poder de criar comunidades e aproximar o mundo”. A novidade foi apresentada pelo CEO da companhia, Mark Zuckerberg, durante o primeiro encontro de comunidades da plataforma, o Facebook Communities Summit.

Durante apresentação, que aconteceu na cidade de Chicago, Illinois (EUA), o executivo também apresentou novas ferramentas para apoiar essas comunidades. Para ele, apoiar administradores de Grupos é elemento importante que ajudará a empresa a guiar seus próximos passos.

Dentre os novos recursos apresentados pela rede social estão o Insights de Grupo, que visa ajudar administradores a entender melhor seu público e a tomarem melhores decisões com base em insights – que englobam métricas em tempo real sobre crescimento, engajamento e integrantes e dados como números de posts e quais horários os membros do grupo estão mais engajados, por exemplo.

Além disso, também serão liberados filtros para pedidos de associação, com o intuito de facilitar o aceite ou recusa de pedidos de simultaneamente por meio da pré-filtragem requisições por categorias como gênero e localização; a remoção de membros, para ajudar a manter as comunidades seguras de membros mal intencionados, possibilitando a remoção de uma pessoa e todo o conteúdo criado por ela dentro do grupo, incluindo publicações, comentários e outras pessoas que foram adicionadas por eles, de uma única vez; e publicações agendadas.

Por fim, já em fase de testes, a rede social irá liberar a ferramenta Recomendações de Grupos que irá servir para conectar grupos, ou seja, deixar que administradores recomendem outros grupos similares e relacionados aos membros de seu próprio grupo.

“Isso é apenas o começo de como grupos poderão se aproximar pela plataforma”, disse a empresa, por meio de comunicado.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor