Indústria pede que Trump libere regras para uso de drones nos EUA

GestãoLegislação

Para que mais drones possam ser vistos voando por aí, representantes da indústria dos Estados Unidos fizeram um pedido ao presidente Donald Trump: que novas regras pudessem ser liberadas, disseram eles, em entrevista à publicação Recode.

Os executivos, que se reuniram na Casa Branca para discutir a questão, acreditam que esse é o melhor caminho para que mais equipamentos possam ser vistos circulando o espaço aéreo do país.

“O fato de a Casa Branca dar destaque a drones como uma tecnologia-chave que irá levar inovação ao futuro é algo incrível”, disse Michael Chasen, CEO da PrecisionHawk, uma das companhias presentes no encontro, complementando que uma das poucas indústrias que precisam de mais regulamentação – e não menos – é a de drones.

A previsão da PwC é de que a indústria de drones alcance o valor de US$ 127 bilhões.

Nos EUA, a Federal Aviation Administration, que regula o espaço aéreo americano, permite que veículos não tripulados circulem, enquanto que pequenos drones que seriam utilizados, por exemplo, para a realização de entregas, ainda estão proibidos de operar.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor