Startup Farm e IBM selecionam startups com foco em inteligência artificial e blockchain

InovaçãoNegóciosStartup

A Startup Farm, em conjunto com a IBM, abriram as inscrições para selecionar startups que desenvolvam trabalhos com foco em inteligência artificial e blockchain. As escolhidas serão aceleradas por meio do programa Ahead | IBM Watson. De acordo com Alan Leite, CEO da Startup Farm, esta edição do Ahead busca empresas de quaisquer setores, que possam “utilizar o

A Startup Farm, em conjunto com a IBM, abriram as inscrições para selecionar startups que desenvolvam trabalhos com foco em inteligência artificial e blockchain. As escolhidas serão aceleradas por meio do programa Ahead | IBM Watson.

De acordo com Alan Leite, CEO da Startup Farm, esta edição do Ahead busca empresas de quaisquer setores, que possam “utilizar o que há de mais avançado em soluções cognitivas e/ou blockchain para transformar os mercados em que atuam”, afirma.

As incrições são feitas por meio do site da Startup Farm e vão até o dia 2 de julho. O anúncio das selecionadas será na segunda quinzena de agosto e o programa Ahead | IBM Watson iniciará no dia 16 de setembro.

Serão selecionadas até 10 startups para serem aceleradas durante seis meses. As empresas selecionadas passarão por três módulos com focos específicos:

  • Laser focus: com duração de 5 semanas, essa etapa é uma imersão “full-life” para fundadores trabalharem focados na construção do modelo de negócios da sua startup, com suporte da Startup Farm e de uma rede de mentores, parceiros e investidores. Essa etapa é presencial e acontece em São Paulo;
  • Get Sales Done: também com 5 semanas, neste módulo a startup trabalhará na construção de uma estratégia de vendas e definirá as principais métricas de desempenho do seu negócio;
  • Fundraising: com 15 semanas de duração, o objetivo é que as empresas aceleradas estruturem uma estratégia de captação de recursos, elaborando uma projeção de necessidade de capital e definam quais os investidores que fazem sentido para o seu negócio.

A IBM entra com a plataforma na nuvem IBM Bluemix, que será ofertada por meio de seu Programa Global de Empreendedorismo (Global Entrepreneur Program – GEP). Assim, as startups terão acesso aos serviços de computação cognitiva IBM Watson para utilizarem em seus projetos.

O GEP dará créditos de até US$ 120 mil em um período de um ano para as startups selecionadas utilizarem seus serviços. Executivos da IBM serão os mentores de negócios e produtos; técnicos e especialistas em tecnologia da IBM poderão ainda eventualmente auxiliá-las no desenvolvimento de suas soluções.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor