Alemanha decreta guerra contra conteúdo impróprio em redes sociais

e-MarketingGestãoLegislaçãoRedes Sociais

A Alemanha decretou uma nova lei que prevê multa de cerca de US$ 57 milhões para rede sociais, que são aplicadas no caso de empresas não excluírem conteúdos como discurso de ódio, racismo ou outros temas impróprios.

As empresas têm até 24 horas para resolverem o problema, de acordo com a legislação local.

O país é conhecido por ter uma das regras mais rígidas com relação à forçar companhias como Facebook, Google e Twitter a retirar conteúdos extremistas.

As regras, no entanto, estão sendo apontadas como agressivas por grupos de direitos humanos e digitais, porque acabam direcionando a culpa para as próprias empresas donas das plataformas – o que difere de leis que visam estipular limites para usuários.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor