Intel vai investir US$ 100 milhões em empresas chefiadas por mulheres

EmpresasNegóciosProjetos

A Intel anunciou que está comprometida a investir US$ 100 milhões em empresas chefiadas por mulheres em todo o mundo nos próximos três anos. A companhia acredita que trabalhar com parceiros inclusivos em sua cadeia de fornecedores ajudará a promover o empoderamento econômico de grupos minoritários.

“Diversidade e inclusão são críticos para a constante evolução da cultura da Intel”, disse Barbara Whye, chefe de diversidade e inclusão e vice presidente de recursos humanos da companhia. Ela acredita que esses dois fatores “aceleram nossa habilidade de consistentemente inovar e impulsionar os negócios”.

O anúncio complementa o compromisso que a Intel anunciou em 2015 para aumentar seus investimentos com fornecedores em até US$ 1 bilhão por ano, até 2020. A companhia também está patrocinando diversos empreendedores ao redor do globo para participar de programas educacionais corporativos. Atualmente, 18 países já se dedicam ao programa mundial.

Ao longo dos últimos dois anos, a fabricante investiu mais em contratações e programas de gerenciamento dentro da empresa, também impulsionando iniciativas externas como parcerias com universidades e programas contra assédio virtual.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor