Inteligência artificial e sistemas analíticos aceleram transformação digital no trabalho

EmpresasInovaçãoNegócios

Ganhar vantagem competitiva e melhorar o processo de negócios estão entre as principais metas das empresas em suas estratégias de transformação digital. Essas foram as respostas de 40% das 800 organizações em 15 países, entrevistadas para o “Relatório de Local de Trabalho Digital: Transformando Seus Negócios”, da Dimension Data.

 

Outra percepção do relatório é que a transformação digital não está apenas adotando tecnologias do passado: 62% dos participantes da pesquisa esperam ter tecnologias como a de consultores virtuais em suas organizações dentro dos próximos dois anos. Além disso, 58% esperam investir ativamente em tecnologias que capacitem consultores virtuais no mesmo período.

Hoje, o ambiente de trabalho digital está cada vez mais ocupado por ’empregados virtuais’, que não existem em um sentido físico, mas que desempenham um papel importante na organização.

Embora a tecnologia de inteligência artificial ainda esteja engatinhando, ela é suficientemente avançada para elaborar seu caminho dentro das empresas como assistentes virtuais e, em certas instituições, na forma de bancários, caixas virtuais e consultores virtuais.

“Já não é suficiente apenas implementar essas tecnologias,” diz Krista Brown, Vice-Presidente Sênior de Computação do Usuário Final no Grupo Dimension Data. “As empresas têm aumentado seu uso de sistemas analíticos para entender como essas tecnologias impactam seu desempenho nos negócios: 64% utilizam sistemas analíticos para melhorar seus serviços a clientes e 58% os utilizam para avaliar suas tecnologias de local de trabalho.”

Ainda segundo a pesquisa, cerca de 30% das organizações disseram que estão avançadas em suas iniciativas de transformação digital, já colhendo seus benefícios, enquanto outras ainda estão em etapas iniciais para o desenvolvimento de um plano.

As empresas também estão se voltando para novas tecnologias de local de trabalho a fim de aumentar o serviço ao cliente, com 45% dos respondentes dizendo que melhoraram a satisfação do cliente como resultado do seu uso de tecnologia de local de trabalho digital.

Obstáculo para a transformação

Brown afirma que uma das razões que poderia impedir as empresas de implementar um local de trabalho digital é sua cultura corporativa. Muitas vezes, a tecnologia e a cultura corporativa inibem – em vez de encorajar – a mudança do estilo de trabalho. No entanto, segundo o relatório, a principal barreira para a adoção bem-sucedida de novos estilos de trabalho são problemas de TI, e os participantes da pesquisa citaram questões organizacionais como outro motivo.

“A complexidade da infraestrutura de TI existente pode representar um importante obstáculo para implementar novas ferramentas de colaboração e produtividade, e dar suporte a estilos flexíveis de trabalho”, completa.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor