Lucro da Telefônica Brasil cresce 25% no segundo trimestre

4GFinançasMercadoMobilidadeNegócios

A Telefônica Brasil encerrou o segundo trimestre com lucro líquido de R$ 873 milhões, alta de cerca de 25% na comparação anual, beneficiada pela melhora do resultado financeiro e da geração de caixa, bem como pela redução de custos operacionais e outras despesas.

A empresa ainda apurou aumento de 7% no lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) recorrente ante o segundo trimestre de 2016, para R$ 3,52 bilhões, com expansão na receita do segmento móvel e medidas de eficiência em custos.

Ainda segundo os resultados, a receita operacional líquida da companhia subiu 1,8% na mesma base, para R$ 10,7 bilhões, com elevação de 1,8 ponto percentual na participação de mercado, que atingiu 30,7% ao fim de junho.

Somente no segmento móvel, houve alta de 3,8% na receita, para R$ 6,5 bilhões. Já a receita líquida de ligações de telefonia fixa entre abril e junho recuou 1,3% ano a ano, para R$ 4,16 bilhões.

Investimentos

O balanço financeiro mostra ainda que os investimentos da operadora no segundo trimestre cresceram 2,7% na comparação anual, para R$ 1,8 bilhão, o equivalente a 17% da receita operacional líquida do período.

No acumulado do primeiro semestre, a Telefônica Brasil desembolsou R$ 3,1 bilhões, sendo a maior parte direcionada à ampliação da capacidade de rede e cobertura 4G.

*Com informações da Reuters.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor