Moeda digital Litecoin atinge recorde histórico

EmpresasInovaçãoNegócios

A moeda virtual Litecoin é também conhecida como “a prata digital”. Em contraste com seu primo mais famoso, o Bitcoin, que é conhecido como o “ouro digital”.

Em segundo plano nos últimos anos, o Litecoin voltou a ganhar destaque e viu seu preço subir mais de mil por cento. Ao final de março deste ano, a moeda era negociada por cerca de 14 reais. Agora, cada unidade é negociada por 160 reais no MercadoBitcoin.com.br, empresa brasileira que negocia a moeda.

A alta do valor do Litecoin é atribuída a dois fatos: avanços técnicos na moeda digital e a volta de seu criador, Charlie Lee, para o projeto. O avanço por qual ela passou, conhecido tecnicamente como SegWit, permite um ‘ ATYUumento da capacidade de transações e a sua adaptação para que outros avanços sejam mais fáceis no futuro.

Após criar o Litecoin, Charlie Lee, saiu do projeto para tornar-se diretor de tecnologia do Coinbase, maior empresa de moedas digitais dos Estados Unidos. Recentemente, ele deixou o projeto e voltou a dedicar-se somente ao Litecoin, o que trouxe mais credibilidade à moeda.

“A concorrência de outras moedas digitais está fazendo com que as questões técnicas e de gerenciamento do Bitcoin sejam resolvidas mais rapidamente. Nos próximos anos, os consumidores que decidirão quem fica e quem morre nessa briga “, diz Rodrigo Batista, CEO do MercadoBitcoin.com.br.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor