Cássio Pantaleoni é o novo presidente do SAS Brasil

EmpresasNegócios

O executivo, que respondia pela área comercial no país, foi promovido ao posto de presidente do SAS Brasil. Até o fim de 2017, Pantaleoni conduzirá um período de transição, seguindo à frente das vendas em paralelo à preparação de seu sucessor.

 Esta é a segunda grande mudança estrutural promovida pelo SAS na região nesse ano. Em janeiro, a empresa promoveu o então presidente do SAS Brasil, Conrado Leister, para assumir o comando da empresa na América Latina e no Caribe.  O novo predidente responderá diretamente a Leister.

A promoção do executivo é resultado dos números positivos que o SAS vem conquistando há sete trimestres consecutivos, com uma média crescente de 25% a cada trimestre. Além disso, a subsidiária brasileira obteve um recorde de crescimento em 2016, isso numa altura em que o Brasil atravessa uma grave crise política e económica.

“Em grande parte, isso também foi fruto de uma atuação mais efetiva do nosso time de vendas, responsável pela ampliação significativa da receita nos últimos anos”, explica Cássio Pantaleoni.

O executivo terá como metas promover uma atuação ainda mais estratégica do SAS em todo o território nacional , manter a rota positiva de crescimento até o fim deste ano, já pensando em 2018.

E as perspectivas são boas, conforme explicou o novo responsável do SAS Brasil. “As projeções para 2017 são muito fortes, na ordem de 20% em relação aos resultados do ano passado”, indica Pantaleoni.

O executivo irá também reforça sua aposta no trabalho junto aos parceiros, com potencial para desenvolver ações com foco no setor público, por meio das vendas de soluções antifraude e terá grande foco nas regiões Norte e Nordeste. A estratégia está sendo desenvolvida com foco nas vendas do SAS Viya, plataforma na nuvem voltada para a análise e visualização de dados de alta performance. 

Cássio Pantaleoni é graduado e mestre em Filosofia pela PUC-RS e atual doutorando na mesma área pela PUC-SP. Tem mais de mais de 30 anos de experiência no setor de tecnologia, atuando em empresas como SAP, Oracle, BEA Systems e TIBCO Software, até chegar ao SAS em 2008.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor