Amdocs lança Smartbot e NFV com ONAP

Cloude-MarketingVirtualização

O primeiro Bot projetado e pré-integrado para a indústria de comunicação e mídia quer trazer experiências de consumo inteligentes e é baseado em aia, plataforma de inteligência da Amdocs, e nos serviços cognitivos da Microsoft. A fornecedora apresentou também um portfólio de serviços de código aberto que possui capacidades modulares que aceleram o design, virtualização e operação de recursos “on demand”.

A Amdocs apresentou o Smartbot, um bot de inteligência artificial (AI) e machine learning que permite aos provedores de serviços digitais (DSPs) prestarem atendimento, efetuarem vendas e promoverem engajamentos de marketing.

O bot usa ainda os serviços cognitivos da Microsoft, especificamente a Microsoft Language Understanding Intelligent Service (Serviço de Entendimento de Linguagem Inteligente) e a Text Analytics API (Aplicativo Analítico de Texto), que oferecem interações altamente personalizadas e de autoatendimento simples, rápidas e úteis.

De acordo com o estudo global “Humans vs Machines: How to stop your virtual agent from lagging behind” (Humanos vs Machines: Como impedir que seu agente virtual fique para trás), encomendado pela Amdocs, que pesquisou mais de 7000 consumidores e empresas, faltam aos bots a inteligência e a consciência emocional para lidar com problemas complexos dos consumidores e, por isso, eles devem evoluir para Smartbots com AI. O novo Smartbot da Amdocs atende essa demanda, já que é integrado com os principais conhecimentos da indústria relacionados às melhores práticas e processos de negócios das DSPs.

Além disso, com a profunda integração do Smatbot da Amdocs aos sistemas de informação centrais dos provedores de serviços, tais como o CRM, gerenciamento de pedidos e catálogo de produtos, as DSPs agora podem analisar o cliente por todos os ângulos e entender o contexto da interação, permitindo um aumento de receita de atendimento ao comércio porque poderá realizar previsões de atendimento e ofertas promocionais mais relevantes para os consumidores.

O Smartbot da Amdocs pode ser implantado tanto fisicamente como na nuvem, na plataforma de nuvem Microsoft Azure. 

“Com as capacidades cognitivas de qualidade mundial da Microsoft e os recursos de AI e ‘machine learning’ da Amdocs aia, nossos Smartbots estão sempre aprendendo e isso resulta em um constante refinamento e aumento da velocidade de resposta e ação para os clientes dos DSPs. Essa tremenda oportunidade de continuar a aumentar vendas e serviços ao consumidor, promovendo cada vez melhores experiências ‘bothumanas’ é o motivo para acreditarmos que DSPs logo abraçarão e adotarão esses avanços tecnológicos, como o Smartbot da Amdocs,” disse Gary Miles, Diretor Geral da Amdocs.

“Com os Serviços Cognitivos da Microsoft em seu núcleo, o Smartbot da Amdocs fornece aos provedores de serviços digitais contextos específicos da indústria, linguagem natural, emoção, sentimento e usabilidade que apoiam nossos clientes comuns na indústria de comunicação mídia,” disse Nagu Rangan, gerente sênior de marketing de produtos da Microsoft Azure, da Microsoft Corp. “Estamos felizes em trabalhar com a Amdocs para ajudar a moldar a velocidade de adoção que a próxima geração de DSPs de serviços atendimento ao consumidor irá entregar”, acrescentou o executivo.

A provedora anunciou ainda o Amdocs Network Function Virtualization (Virtualização das Funções de Rede – NFV), distribuído pela Open Network Automation Platform (ONAP), que fornece às empresas a habilidade de desenhar suas próprias redes.

Esta solução de virtualização de rede, é a primeira e mais abrangente oferta de software e serviços que alavanca a tecnologia de rede de código aberto e pode ser instalada tanto fisicamente como pela nuvem pública utilizando as modernas técnicas de adoção DevOps.

Como fundadora e criadora de um número significante de módulos de ONAP, a Amdocs possui a vantagem de ser a primeira detentora de importantes módulos, como o Amdocs Service Design and Create para automação de serviços de design e o Amdocs Active Inventory, desenhado para proporcionar uma visão unificada dos serviços da ONAP.

Essas contribuições significam que a Amdocs já vem trabalhando em abordagens pragmáticas para design e criação de serviços gerenciados, embarque de funções virtualizadas de serviços, monitoramento de inventário ativo em redes híbridas e manutenção elástica e contínua da própria rede. Isso endereça as necessidades dos operadores que procuram por redes adaptáveis, escaláveis e dirigidas por softwares baseadas em nuvem e em tecnologias de microsserviços.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor