GX27 debateu a importância da inteligência artificial

EmpresasInovaçãoMobilidadeNegócios

O Encontro GeneXus, que decorreu entre entre 2 e 4 de outubro em Montevidéu, no Uruguai, contou com palestras relacionadas a temas como inovação, Inteligência Artificial, IoT e Blockchain.

O GX27 contou com 180 palestras,  participantes de 25 países via streaming e 4.500 pessoas presentes no evento cujo tema foi o futuro tecnológico. Inteligência Artificial, robôs, bitcoins e blockchain, integração e apostas no mundo das startups com Thales Lab foram alguns dos assuntos debatidos no Encontro Shape Your Future.

“O tema do momento é a Inteligência Artificial. Todos os dias vemos manchetes nos jornais sobre este assunto e precisamos nos adaptar a isso”, disse Nicolás Jodal, CEO do GeneXus, durante o evento.

Para o executivo, o que vimos nos últimos dez anos tem sido mais do que a evolução de diferentes tipos de tecnologias, é uma mudança de paradigma que provavelmente é a mais importante após a Terceira Revolução Industrial.

De acordo com Jodal, o aumento do poder computacional e a evolução dos sistemas de Deep Learning aproximam a Inteligência Artificial (IA) do mercado de trabalho. Ao mesmo tempo encontramos a Internet das Coisas com indústrias de wireless e sensores em plena expansão, com nível avançado de desenvolvimento e um campo cada vez mais explorável. O CEO  também mostrou um dos protótipos em que a empresa está trabalhando em conjunto com a Agência Nacional de Inovação (ANII), os veículos autônomos.

“No passado nunca teria pensado em programar um telefone ou um relógio, hoje consigo programar um veículo”, referiu durante sua palestra.

Um dos palestrantes ligado à temática da IA, Jose Elías, especialista nessa tecnologia e autor de vários livros sobre o assunto, questionou o público: “Se amanhã nossa mente pudesse ser traduzida em bits e isso nos permitisse estar em vários lugares ao mesmo tempo, onde você gostaria de ir?”

Moedas digitais, como os famosos bitcoins, não foram deixadas de fora do GX27 e várias das palestras foram dedicadas à estrutura de desenvolvimento desses sistemas. O Blockchain ou sistema de desenvolvimento de moedas é mostrado como um campo em desenvolvimento e não é apenas uma questão de saber se esta é a moeda do futuro, mas sim se a gestão adequada deste tipo de desenvolvimento poderia trazer consigo a solução para problemas que ainda não foram resolvidos.

GeneXus também apresentou seu plano de treinamento e com o Plano Ceibal, chamado “Jovens a programar”. Além do mais, durante o GX27 também foram apresentadas palestras voltadas para a gestão da mudança e novas habilidades necessárias, entre as quais se destaca a da Adizes com o tema: o futuro da gestão empresarial.

“Trinta e três anos atrás, nos reunimos com o único objetivo de resolver o problema das bases de dados corporativas. Hoje, o que fizemos no passado é uma tendência”, disse Breogán Gonda, chairman de GeneXus, que deu uma palestra contando a trajetória da empresa.

O executivo acrescentou que ser um especialista em banco de dados atualmente se tornou mais fácil, pois a Inteligência Artificial está mais acessível e mais perto da realidade. Ele concluiu a palestra explicando que GeneXus nasceu capturando o conhecimento dos dados e que atualmente apresenta inovações em suas DSL (idiomas específicos de domínio), como linguagem específica do conhecimento, e as novidades apresentadas no GX27,  o Stencils e o gerador de chatbots.

“Este é apenas o começo, continuaremos trabalhando todos os dias com alegria, entusiasmo e generosidade com nossos clientes”, finalizou.

Todas as palestras do GX27 estão disponíveis on-line no site Encontro GeneXus.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor