Nama é selecionada para programa canadense Creative Destruction Lab

EmpresasInovaçãoNegócios

A empresa brasileira, pioneira no desenvolvimento de um sistema próprio de inteligência artificial (IA), acaba de ser selecionada para o programa de empreendedorismo Creative Destruction Lab (CDL), da Rotman School of Management da Universidade de Toronto, no Canadá.

Creative Destruction Lab é famoso por fazer startups decolarem e a Nama integra o seleto grupo de empresas convidadas a expor seu modelo de negócio Market for Intelligence, em Toronto. O critério de seleção do CDL é que a empresa tenha desenvolvido uma tecnologia capaz de transformar a realidade, seja do ponto de vista social, industrial ou econômico.

A tecnológica ainda integra o restrito rol de startups convidadas também a apresentar seus modelos de negócio no Machine Learning and the Market for Intelligence, conferência anual do CDL que é referência mundial em machine learning. O evento tem como objetivo estudar as formas que o aprendizado de máquina pode ser utilizado para aprimorar processos em todas as esferas da sociedade.

“É gratificante perceber que hoje a Nama integra o que de mais inovador existe na AI mundial. Estamos animados com a perspectiva de escalar nossa operação a um nível global”, comentou Rodrigo Scotti, CEO da Nama.  


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor