Netskope abre operação no Brasil e América Latina

CloudSegurança

Empresa de soluções de segurança para a nuvem anuncia a abertura de operação na América Latina, passando a atuar no Brasil, México, Chile, Argentina, Colômbia e Peru. Alain Karioty será o novo diretor regional de Vendas na América Latina e atuação da Netskope será realizada 100% via canal.

A companhia de Cloud Access Security Broker, que foi fundada em 2012, possui hoje mais de 400 profissionais no mundo, recebeu aporte de financeiro de US$ 250 milhões e aponta crescimento de mais de 100% ano a ano.

“Vejo que mais de 95% das empresas brasileiras estão utilizando aplicações na nuvem. Algumas estão pensando em bloquear tudo, mais hoje, nenhuma tecnologia (exceto um CASB) pode detectar o Shadow IT assim como o Shadow data produzido pelos dispositivos não administrados, BYOD e terceiros”, afirma Alain Karioty, diretor regional de Vendas na América Latina da Netskope.

No Brasil, a Netskope tem planos de contratar recursos localmente, iniciando pela área de Pré-Vendas e, posteriormente, de Entrega de Serviços em Projetos Estratégicos (Pós-Venda e Customer Success). A empresa aponta que irá investir de forma agressiva em treinamento aos canais de venda.

A companhia está trazendo ao país sua Plataforma Active, que inclui várias capacidades, incluindo de discovery,  encriptação, Cloud Confidence Index  (CCI), que entrega visibilidade da nuvem através de uma visão de 360 graus de todo o tráfego, Cloud DLP, que ajuda na prevenção de fuga de dados, proteção de ameaças, gerenciamento de incidentes e remediação, machine learning, entre outras.

A Netskope está em fase de instalar um nó do seu Cloud em São Paulo para atender as necessidades dos clientes brasileiros e da América Latina. 

“Teremos um cloud local no Brasil. Também, a empresa pretende investir no aumento da equipe da Netskope para atender com maior proximidade os clientes no Brasil e na América Latina”, indica o executivo.

“Iremos desenvolver relacionamento direito com alguns canais bem posicionados nos segmentos Financeiro, Seguro, Automobilístico, Consultoria, Energia, Óleo & Gás, Varejo e Saúde, e que estejam comprometidos e alinhados com a nossa tecnologia. Até o final de ano calendário, pretendemos capacitar no Brasil, umas 4 a 7 revendas”, completa Karioty.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor