Oracle revela banco de dados autónomo no OpenWorld 2017

Cloud

O evento mais importante da Oracle, que decorre até dia 5 de outubro, em São Francisco, nos EUA abriu ontem com foco na cloud. Larry Ellison, Chairman e CTO da empresa, revelou a Oracle Autonomous Database Cloud, um banco de dados com a automação baseada em machine learning.

Oracle Autonomous Database Cloud é o primeiro banco de dados do mundo que se auto gere e tem aplicativos de cibersegurança que detetam e previnem ataques informáticos em tempo real.

A solução elimina a necessidade de gestão humana nos bancos de dados facilitando as atualizações automáticas e a incorporação de parches ao mesmo tempo que continua a funcionar. Sem dar lugar a nenhum tipo de erro humano e sem necessidade que ninguém se dedique a fazer testes, com este lançamento a Oracle minimiza os tempos de inatividade para menos de 30 minutos por ano e garante que as empresas podem reduzir seus custos para metade do valor, por comparação com a Amazon.

“Não utilizo a expressão tecnologia revolucionária todos os anos no Oracle OpenWorld. Não o faço porque não há assim tantas tecnologias revolucionárias, mas esta é-o verdadeiramente”, disse Larry Ellison

“Esta tecnologia é verdadeiramente elástica, de forma instantânea. Nunca é preciso afetar-lhe mais recursos do que aqueles de que verdadeiramente necessita. É verdadeiramente a computação on demand“, acrescentou o executivo.

Ellison também partilhou os resultados dos testes de benchmark que sublinham a enorme diferença que existe nos níveis de desempenho da Oracle Database a correr na Oracle Cloud e da Oracle Database a correr no melhor serviço cloud da Oracle Database da Amazon, o Amazon Relational Database Service (RDS). A comparação direta entre estas duas opções também destaca a diferença dos SLAs das duas empresas no que concerne aos níveis de fiabilidade e disponibilidade (Amazon 99.95% e Oracle 99.995%), bem como facto dos SLAs da Amazon excluírem as origens dos tempos de inatividade planeada e não-planeada.

 

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor