IBLISS lança plataforma de gestão integrada de segurança

Segurança

GAT é a primeira plataforma de segurança para gestão integrada da segurança da informação e riscos cibernéticos (IRM – Integrated Risk Management que foi desenvolvida no Brasil,. A solução da IBLISS pode reduzir até 94% o tempo de correção de ameaças.

O destaque do GAT é permitir a redução de até 94% no tempo empregado entre identificação, análise e correção de ameaças, a partir de integração e automações de processos de segurança que facilitam a manutenção contínua da segurança, além de checklists para avaliações de conformidade, de terceiros e regulamentações. Além disso, a plataforma proporciona aumento de eficiência da equipe em 55% e visibilidade de indicadores quantitativos e qualitativos.

“Por meio do GAT, o risco digital e conformidades passam a ser gerenciados de forma integrada e compartilhado com todos os envolvidos continuamente, facilitando o entendimento do impacto e tomada de decisão. Gestores de TI ou de segurança da informação passam a ter métricas e indicadores para acompanhar as rotinas diárias, priorizar ações no contexto do negócio e garantir a manutenção contínua de segurança e privacidade das informações em sua empresa.”, afirma Leonardo Militelli, CEO e fundador da IBLISS.

A plataforma é flexível para atender empresas de todos os tamanhos e maturidade, mesmo para ambientes complexos. “Especialmente no caso das grandes empresas, que são estruturadas em diversos departamentos, existe uma dificuldade em estabelecer diretrizes de segurança, acompanhar a realidade da operação e alimentar continuamente a gestão de riscos. O GAT permite uma análise unificada e colaborativa entre diferentes stakeholders”, explica Militelli.

 O GAT faz gestão contínua de vulnerabilidades e ameaças, analisando a presença de ameaças continuamente dentro do ambiente corporativo (IPS, Apps, Cloud, pessoas), recebe recomendações e prioriza as correções por meio de workflow.

Além disso, mantém as conformidades atualizadas continuamente, de forma manual ou automatizada, seguindo padrões como o PCI-DSS (Padrão de Segurança de Dados da Indústria de Cartões de Pagamento), ISO (Organização Internacional para Padronização), Bacen (Banco Central) e GDPR (Lei Geral de Proteção de Dados da União Europeia).

A solução estabelece ainda um programa de gestão de riscos de fornecedores, com objetivo de identificar fragilidades em seus parceiros de negócio.

O GAT já foi apresentado internacionalmente pela IBLISS em dois grandes eventos de tecnologia, o Gartner Symposium/ITxpo, nos Estados Unidos, e o Web Summit, em Portugal.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor