Baidu implementa plataformas de socket único AMD EPYC em seus data centers

CloudData Center

As empresas  anunciam hoje a disponibilidade imediata de serviços de AI, Big Data e computação em nuvem (ABC) suportada por tecnologia AMD. Utilizando a performance de computação e features avançadas do processador AMD EPYC em uma plataforma single-socket que permite à Baidu otimizar de forma eficiente seus massivos serviços de armazenamento e computação para seus clientes.

A empresa do motor buscas em língua chinesa e inteligência artificial (AI) espera expandir seu uso de processadores AMD EPYC em seus datacenters globalmente a partir do primeiro trimestre de 2018.

“Ao oferecer excelente performance em sistemas de um único processador, a plataforma AMD EPYC permite flexibilidade e alta performance em nosso datacenter, o que permite que a Baidu entregue serviços mais eficientes aos nossos clientes,” disse Liu Chao, diretor sênior, Baidu System Technologies Department.

“A missão da Baidu é tornar um mundo complexo mais simples por meio da tecnologia, e estamos constantemente procurando encontrar e aplicar as tecnologias, inovações e soluções mais revolucionárias em nossos negócios. O processador AMD EPYC nos entrega um novo nível de eficiência energética e capacidade de computação poderosas”, acrescentou o executivo.

“A Baidu é reconhecida como pioneira em inovações de datacenter, e com sua adoção do AMD EPYC eles continuam este caminho ao utilizar nossas inovações single-socket para impulsionar sua estratégia ABC,” referiu Scott Aylor, vice-presidente corporativo e gerente geral, AMD Enterprise Solutions.

“É uma experiência empolgante trabalhar lado a lado com a Baidu para explorar as capacidades do AMD EPYC e maximizar suas aplicações para cargas de trabalho dos clientes”, completou. 

Com suporte para 128 lanes de conectividade PCIe, um processador AMD EPYC entrega 2.6X a I/O density comparado à competidores e permite a Baidu alcançar um nível de escala e eficiência único em alta performance x86.  A combinação de performance dos cores dos processadores EPYC, computação e I/O density combinadas em uma configuração single socket tornam a plataforma ideal para a próxima geração de serviços cloud Baidu.