Dynatrace anuncia monitoramento de performance para AWS Lambda

CloudNegócios

A empresa de soluções de Gerenciamento de Performance Digital anuncia a oferta de monitoramento em nível de código para funções do AWS Lambda sem servidor. As companhias podem usar a Dynatrace para monitorar a performance em todos os canais (omnichannel), incluindo interações pela Internet, dispositivos móveis e, agora também, via Amazon Alexa.

As organizações estão usando o AWS Lambda para aplicações com base nas Alexa Skills e de Internet das Coisas (IoT) para eliminar custos com servidores, melhorar a disponibilidade e migrar para um modelo de infraestrutura que possa ser auto gerenciáveI.

Com o Dynatrace, as empresas que usam a computação sem servidor podem se beneficiar de uma ampla visibilidade de como o código pode ser executado para as funções do AWS Lambda e, consequentemente, entender seu impacto na performance geral de aplicações e da experiência do usuário.

“O Amazon Alexa está se tornando uma parte fundamental das experiências omnichannel. Hoje, as pessoas compram e efetuam transações por voz, não apenas por seu PC ou dispositivo móvel. O monitoramento dessas transações é essencial para não termos um ponto cego cada vez maior”, afirma Alois Reitbauer, Vice-Presidente, Chefe de Estratégia Técnica e Head de Inovação da Dynatrace.

“Isso acontece de forma semelhante aos dispositivos de Internet das Coisas (IoT). As pessoas têm agora milhões de aparelhos que estão impulsionando o código executado no AWS Lambda, portanto, as empresas precisam de soluções automatizadas e que trabalhem em tempo real para possibilitar a visibilidade contínua e o gerenciamento de performance proativo, evitando falhas”, acrescenta o executivo.

O AWS Lambda facilita a execução de código em resposta a eventos, tais como mudanças nos buckets do Amazon S3, atualizações de tabelas no DynamoDB da Amazon ou eventos personalizados gerados por aplicações ou dispositivos. A Dynatrace implanta automaticamente o ambiente de execução em tempo real, sem a necessidade de mudanças no nível do código, permitindo uma visibilidade full stack contínua e de fim a fim.

“O AWS Lambda representa uma verdadeira inovação na Nuvem e uma evolução do modelo tradicional de hardware. No entanto, nesses ambientes altamente dinâmicos nos quais o código não fica em um servidor, mas no poder computacional que aparece e desaparece em milissegundos, o monitoramento e o gerenciamento de performance de modo tradicional são impossíveis”, afirma Reitbauer.

“Com nossa abordagem orientada por Inteligência Artificial (IA) para monitoramento e gerenciamento de performance, as organizações agora podem esclarecer dúvidas relacionadas às funções do AWS Lambda para otimizarem a experiência de seus usuários digitais”, finaliza o responsável.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor