Mais de 25% das empresas da Fortune 100 adotam Netskope

Cloud

A Netskope anunciou que, em 2017, o número de assinaturas cresceu três dígitos, o número de funcionários cresceu 50% para 475 pessoas.

A Netskope anunciou que, em 2017, o número de assinaturas cresceu três dígitos, o número de funcionários cresceu 50% para 475 pessoas e 25% das empresas da Fortune 100 adotaram a plataforma Netskope.

O número de transações em nuvem que a Netskope processou a partir de clientes existentes e novos, aumentou em mais de 1.000% e a empresa agora permite com segurança as maiores implementações do mundo de Box, Slack e Microsoft Office 365.

Segundo a própria companhia, a Netskope contratou algumas das melhores mentes técnicas e líderes focados em colaboração e inovação. Uma dessas contratações recentes é Adi Ofer como vice-presidente de engenharia. Antes de ingressar na Netskope, Ofer foi o comandante da Infraestrutura de Dados, Armazenamento e Infraestrutura de Veículos Autônomos do Uber, e anteriormente, fez parte da criação  do BigTable do Google e o Google+ backend, duas das maiores lojas de dados e análises do mundo. Além disso, Beau Hutto se juntou à empresa como diretor de vendas federais. Anteriormente, Hutto atuou como vice-presidente de vendas federais da Bluecoat e liderou as vendas de tecnologia avançada federal na Juniper Networks.

Netskope também está dando boas-vindas a Tony Bates, CEO do Growth at Social Capital, ao seu conselho de administração. Bates traz uma grande experiência à Netskope de seus papéis executivos anteriores, além de estar no Boards of GoPro, Ebay e Vmware. Como diretor do conselho, ele ajudará a expansão da Netskope à medida que a empresa desenvolve suas operações em todos os principais continentes.

O avanço da Netskope está acelerado, o que incluiu uma rodada de financiamento de US$ 100 milhões liderada pela Lightspeed Venture Partners e Accel em 2017. A empresa foi nomeada como líder no primeiro Quadrante Mágico do Gartner para Cloud Access Security Brokers (CASBs), inseria na lista do Silicon Valley Business Journal das três “startups de segurança cibernética mais populares” de 2017 e listadas no top 10 de Forbes 100 como uma das melhores empresas de computação em nuvem para trabalhar em 2018.

“O rápido crescimento da Netskope em 2017 é resultado de uma forte demanda por segurança na nuvem e a prova de que o mercado quer mais do que apenas qualquer solução de segurança, as empresas buscam inteligência e uma solução que tenha foco, ou seja, tenha sido desenvolvida para a segurança da cloud”, disse Sanjay Beri, CEO e fundador da Netskope.

Como resultado desse forte crescimento global, a companhia está há seis meses investindo fortemente na América Latina, abrindo operações no Brasil, Argentina, Chile, Peru, Colômbia, América Central e México. “No balanço desses seis meses destaco que já conquistamos parceiros qualificados em todos os países onde temos presença e ganhamos clientes no setor Bancário e estamos em negociação final com empresas do setor de Seguro, Varejo, Hospitalar e Indústria”, comemora Alain Karioty, diretor regional da América Latina da Netskope.