2Mundos e ETE FMC anunciam parceria

EmpresasNegócios

A 2Mundos anuncia o lançamento do seu primeiro curso profissionalizante mobile, em parceria com a ETE FMC – Escola Técnica de Eletrônica.

Utilizar apps para cuidar das finanças, manter ou começar uma rotina de exercícios e até aprender uma nova língua. A tecnologia já faz parte da realidade de muitos brasileiros, então por que não aproveitar o universo digital para oferecer cursos profissionalizantes? Atenta à expansão desse mercado, a 2Mundos, empresa especializada em desenvolver softwares, aplicativos e produtos e-learning, anuncia o lançamento do seu primeiro curso profissionalizante mobile, em parceria com a ETE FMC – Escola Técnica de Eletrônica “Francisco Moreira da Costa”, pioneira e referência nacional em eletrônica.

Com aulas curtas e com riqueza de imagens em 3D e áudios, o curso permite que o aluno assista o conteúdo em qualquer lugar e o absorva da melhor forma possível. A interface gráfica desenvolvida proporciona liberdade, principalmente ao realizar os exercícios, onde os discentes podem testar todas as possibilidades e aplicar o conhecimento adquirido com as aulas.

“Sentimos uma carência de cursos mais interativos, com atividades semelhantes a jogos e simulações em ambientes realistas. O público que consome apps é mais jovem, conectado e podemos oferecer a ele um conteúdo relevante, que pode até ajudar no início da vida profissional”, explica Bernardo Manfredini, sócio fundador da 2Mundos.

O curso é dividido em cinco capítulos: Conceitos básicos de eletricidade; Projeto elétrico; Circuitos elétricos, Tipos de circuitos e Tipos de interruptores. Ao término de cada aula, há um exercício prático e no Exame Final, o aluno precisa realizar a instalação elétrica de uma residência. Além das aulas, há uma aba de anexos que disponibiliza materiais complementares para dar suporte ao estudante. Após aprovação, o certificado é reconhecido e emitido pela ETEFMC.

“Nossa proposta principal é preparar os usuários para atuarem no mercado de trabalho e oferecer oportunidades aqueles que buscam a qualificação profissional através de plataformas digitais, mas com a mesma qualidade dos cursos presenciais oferecidos pela ETE”, conclui o Diretor Geral da ETE FMC, Prof. Me. Alexandre Loures Barbosa.

Disponível para Android, o curso tem o valor de R$ 399 e, para não consumir o pacote de dados, é possível baixar as aulas separadamente conforme avança o curso ou todas de uma única vez. Segundo Manfredini, a expectativa é atingir dois mil alunos no primeiro ano e as empresas estudam a possibilidade de desenvolver novos módulos do curso. Em aproximadamente 30 dias o aplicativo estará disponível para iOS.