Quantcast
IBM BlueSky

Your title here

Para os líderes das TI na última década, o modelo “cloud” foi uma benção. As características que definem o modelo – escalabilidade, elasticidade e velocidade de implementação – coincidem com as necessidades das TI num mundo de negócios em rápido movimento. No entanto, à medida que alguns líderes das TI aumentam a sua confiança no modelo cloud, muitos outros descobrem falhas nos seus critérios de aquisição de cloud inicial. Algumas empresas que escolheram um prestador de serviços cloud com base em tarifas reduzidas têm agora custos mais elevados do que esperavam. Outras apresentam reclamações relativas ao desempenho inaceitável da aplicação. Outras empresas estão ainda a aperceber-se de que não fazem ideia se estão a pagar demasiado ou pouco pelos serviços adquiridos.

Definimos a relação preço-desempenho e o impacto que tem na sua implementação de cloud. Para proporcionar uma visão realista da dimensão desta questão, analisamos cenários reais da IBM, comparando os custos reais associados com volumes de trabalho comuns na IBM SoftLayer e serviços de cloud concorrentes. Finalmente, oferecemos dicas às empresas que pretendem garantir que estão a selecionar os serviços cloud ideais para as suas empresas.