Startup de saúde une paciente e médico por geolocalização

AppsMobilidadeNegóciosStartup

A Vida Class oferece acesso a serviços de saúde a preços competitivos para milhões de brasileiros que não possuem convênio médico, ajudando, assim, a diminuir as filas do Sistema Único de Saúde (SUS).

O Brasil atualmente abriga cerca de 160 milhões de pessoas que não possuem convênio médico e dependem 100% da saúde pública. A plataforma disponibiliza serviços das mais diversas especialidades, bem como exames de imagens e laboratoriais, unindo os pacientes, médicos e outros profissionais de saúde por geolocalização.

Além disso, com a Vida Class, o usuário não tem que pagar qualquer mensalidade ou taxa de adesão. O cliente só paga uma taxa administrativa quando efetivamente adquirir uma consulta ou um procedimento.

O paciente e médicos são beneficiado pela velocidade no serviço, agendamentos em tempo real, diminuição da burocracia, antecipação de diagnóstico e facilidade no pagamento/recebimento.

A plataforma funciona pelo site ou por meio de um aplicativo (iOS e Android) em que o usuário realiza o cadastro e pode fazer a busca pelo serviço que precisa, podendo filtrar os resultados por preço e proximidade. São, ao todo, três diferentes serviços: agendamento de consultas, agendamento de exames e descontos em farmácias por intermédio do Vida Class Farma. Esse último é serviço pago, que inclui  mais de 22 mil farmácias em todo o país, com descontos de até 60% em 95% dos medicamentos comercializados no Brasil.

A startup também ajuda a diminuir as filas do Sistema Único de Saúde (SUS), onde a população chega a esperar até seis meses para agendar uma consulta ou exame, gerando dessa forma um grande impacto social.

“Você passa de meses a anos para ser atendido e enquanto isso acontece, as doenças estão se agravando e esses brasileiros são esquecidos e morrem nas filas. Portanto, dar acesso rápido a um exame e uma consulta acelera diagnóstico”, alerta Vitor Moura, CEO da  Vida Class.

Com mais de 10 mil parceiros cadastrados, para consultas e exames, a expectativa da startup é aumentar para 50 mil o número de prestadores e 500 mil usuários cadastrados até o final de 2018.

“A nossa ideia é fazer com que toda a população brasileira se beneficie de ótimos serviços, como os oferecidos em clínicas particulares, com o diferencial do preço acessível”, finaliza o executivo.