Empresa começa a pagar salários em bitcoins

Projetos

A empresa nipônica GMO Group vai dar aos seus funcionários a opção de receber parte dos salários em bitcoins. A empresa tem perto de quatro mil funcionários.

A empresa nipônica GMO Group vai dar aos seus funcionários a opção de receber parte dos salários em bitcoins. A empresa tem perto de quatro mil funcionários.

É um fato que a Bitcoin está valendo muito dinheiro, mas esse valor está mudando constantemente, tanto para mais, como para menos. Ainda assim, uma empresa japonesa, a GMO Group, vai dar aos seus quatro mil funcionários a opção de receber parte do seu salário em Bitcoin.

Um funcionário que decida receber parte do seu salário em Bitcoin vai ser pago de acordo com o valor da moeda numa data e numa hora previamente acordada. Quer isso dizer que se a Bitcoin estiver valendo 10 mil dólares, e o funcionário receber mil dólares, esse funcionário ganha 0,1 Bitcoin.

A partir daí, o funcionário tem duas opções: ou vender logo a moeda, recebendo a mesma quantia, ou muito perto desse valor, ou esperar. Se esperar pode receber, por exemplo, o triplo ou mais do que os mil dólares. Ao mesmo tempo, também pode receber metade ou mesmo nada desse valor.

No entanto, há quem acredite que esta decisão do GMO Group não é mais do que uma jogada de marketing, uma vez que a tecnologia está em alta.

Vários especialistas alertam de que a euforia em torno do Bitcoin não é mais que uma bolha prestes a estourar. Ainda assim, muitas pessoas estão dispostas a correr o risco.

A Bitwage é uma plataforma desenvolvida precisamente para converter salários em criptomoedas e, desde o último ano, tem ganho milhares de novos usuários. A empresa já processou neste ano 30 milhões de dólares em salários de 20 mil usuários dos Estados Unidos, Europa, América Latina e Ásia.

Read also :

Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor