EUA querem Zuckerberg testemunhando uso de dados

e-MarketingRedes Sociais

O senador republicano John Kennedy juntou-se a sua colega democrata Amy Klobuchar ao chamar Mark Zuckerberg para testemunhar ante o Congresso.

O senador republicano John Kennedy juntou-se a sua colega democrata Amy Klobuchar ao chamar o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, para testemunhar ante o Congresso após relatos de que uma consultoria política obteve acesso inadequado a dados em milhões de usuários do Facebook.

Em uma carta conjunta, Kennedy e Klobuchar pediram ao presidente do Judiciário do Senado Chuck Grassley para fazer uma audiência com Zuckerberg e os principais executivos do Google e Twitter, refletindo a crescente preocupação bipartidária em Washington sobre como as empresas compartilham dados de usuários pessoais.

“O Facebook, o Google e o Twitter acumularam quantidades de dados pessoais sem precedentes e usam esses dados ao vender publicidade, incluindo anúncios políticos”, escreveram os senadores.

“A falta de supervisão sobre como os dados são armazenados e sobre como as propagandas políticas são vendidas suscita preocupações sobre a integridade das eleições americanas e os direitos de privacidade”.

A carta veio depois dos relatórios deste fim-de-semana de que a Cambridge Analytica, uma consultoria política que trabalhou na campanha do presidente Donald Trump, obteve acesso inapropriado aos dados de 50 milhões de usuários do Facebook.