Há um novo consórcio de fintech

EmpresasFinançasNegóciosStartup

O Fórum Econômico Mundial e várias outras empresas são membros fundadores de um novo consórcio focado nas fintech e na proteção cibernética das fintech.

O Fórum Econômico Mundial e várias outras empresas são membros fundadores de um novo consórcio focado nas fintech e na proteção cibernética das instituições financeiras.

Entre os membros fundadores deste consórcio estão o Citigroup, a HPE, a Kabbage, a Depository Trust & Clearing Corporation e a Zurich Insurance Group.

O grupo irá criar uma estrutura para avaliar o nível de segurança das empresas fintech e agregadores de dados, cuja preparação para hacks é considerada cada vez mais importante para a estabilidade do setor financeiro em grande escala.

O setor de serviços financeiros está entre os mais vulneráveis ​​ao crime cibernético por causa da grande quantidade de dinheiro e dados valiosos que os bancos e empresas de investimento processam a cada dia.

Ao longo dos últimos anos, os bancos e outras empresas de finanças têm vindo a fortalecer os seus laços com novos empreendimentos tecnológicos que visam renovar a forma como os serviços financeiros são criados e consumidos.

O crescimento em colaboração está a ocorrer voluntariamente, com os bancos que procuram permanecer competitivos ou devido a uma nova regulamentação, como a Diretriz de Serviços de Pagamento revista pela União Europeia.

A necessidade de melhores mecanismos de segurança cibernética foi identificada num relatório do Fórum Econômico Mundial publicado na terça-feira como uma das soluções para os desafios de segurança colocados pelo aumento do uso de serviços digitais em finanças.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor