Regulador mexicano aprova separação da América Móvil

EmpresasNegócios

O regulador de telecoms do México informou que aprovou um plano para separar parte das unidades de linha fixa da América Móvil em diferentes entidades.

O regulador de telecoms do México informou que aprovou um plano para separar parte das unidades de linha fixa da América Móvil em diferentes entidades.

O Instituto Federal de Telecomunicações (IFT) do México ordenou a América Móvil, controlada pela família do bilionário Carlos Slim, que separasse parte de suas unidades Telmex e Telnor no ano passado, aumentando as medidas antitruste contra a empresa.

A América Móvil tem dois anos para implementar a separação, de acordo com uma declaração do IFT na segunda-feira. Durante esse período, a empresa terá que apresentar ao regulador com um plano de transferência de ativos e dívidas.

A declaração detalha que os novos negócios de linha fixa serão necessários para separar os serviços de rede locais e ter conselhos independentes da América Móvil, bem como marcas que já não utilizam os nomes Telmex, Telnor ou Telcel.

A América Móvil iniciará o processo de separação, mas também o desafiará, informou a empresa na bolsa mexicana. “O plano de separação legal e funcional ordenado pelo IFT hoje difere substancialmente com o plano apresentado pela Telmex e a Telnor”, afirmou a empresa.

Os preços regulados dos serviços oferecidos pelas unidades separadas seriam “substancialmente menores que as referências internacionais”, disse a empresa, acrescentando que seu conselho decidiu não “subsidiar ou financiar as operações” das entidades separadas.

Em 27 de fevereiro, o IFT aprovou um plano de separação com quatro comissários a favor e três opostos, de acordo com um registro de votação no site do regulador. A América Móvil tem conversado com o regulador há cerca de um ano sobre como separar parte de seu negócio de linha fixa, o que era o coração da empresa antes do aumento das comunicações móveis.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor