MindSphere da Siemens disponível no Microsoft Azure

Inovação

A Siemens anunciou uma prévia do MindSphere, o sistema operacional aberto de IoT baseado em nuvem da empresa, disponível no Microsoft Azure.

A Siemens anunciou uma prévia do MindSphere, o sistema operacional aberto de Internet das Coisas (IoT) baseado em nuvem da empresa, disponível no Microsoft Azure. “Escutamos a demanda de nossos clientes por trazer os recursos de IoT industrial do MindSphere para o ambiente do Microsoft Azure”, disse Steve Bashada, vice-presidente executivo da Siemens Cloud Application Services. “Graças à nossa colaboração com a Microsoft, clientes e parceiros em comum agora podem começar a desenvolver e testar aplicativos MindSphere na nuvem do Azure e aproveitar a experiência da Siemens no setor”.

A união com a família de soluções MindSphere por meio da plataforma de nuvem Microsoft Azure permite que clientes e parceiros conjuntos comecem rapidamente a desenvolver e implementar soluções de IoT industriais, ajudando a acelerar a inovação. “Construir soluções de IoT industriais é uma tarefa complexa e os clientes desejam simplicidade”, disse Sam George, diretor parceiro de IoT na Microsoft.

“Unir forças com a Siemens para hospedar o MindSphere no Azure, depois das empresas trabalharem juntas em soluções industriais por mais de duas décadas, capacitará os clientes a utilizar a expertise industrial da Siemens e os serviços de nuvem escalonáveis da Microsoft para simplificar ainda mais e tirar proveito da IoT global do Azure e outras serviços na nuvem. Com a computação de borda se tornando ainda mais difundida, há também uma tremenda oportunidade para o ecossistema de parceiros globais da Microsoft ampliar o poder do MindSphere em todos os nossos serviços de plataforma de nuvem Azure, incluindo IoT Edge para conectar dispositivos, sistemas ou equipamentos, tanto novos quanto já existentes”, explicou o executivo

O MindSphere oferece uma ampla gama de opções de protocolo de conectividade para aplicativos corporativos, aplicativos industriais, dispositivos e análises avançadas. Ele fornece um ambiente de desenvolvimento inovador que utiliza os recursos abertos de plataforma como serviço (PaaS) da Siemens combinados com serviços nativos integrados de nuvem IoT na plataforma Azure da Microsoft. Por meio desses recursos, o MindSphere pode conectar os ativos aos serviços de nuvem inteligentes da Microsoft para permitir que os aplicativos do setor operem com conectividade intermitente, forneçam feedback local, serviços cognitivos, análise e inteligência artificial de borda. A PaaS aberta também permitirá que um ecossistema global de parceiros desenvolva e forneça novos aplicativos.

A prévia do MindSphere para Microsoft Azure seguirá um modelo de desenvolvimento e implantação contínuo. O MindSphere para Microsoft Azure estará disponível a partir do 4º trimestre de 2018.

Read also :