Newland aposta em redes de canais

EmpresasNegócios

Com a crescente importância do mercado brasileiro e a necessidade de seguir investindo na América Latina, a Newland anuncia seu novo programa de canais.

Em virtude da crescente importância do mercado brasileiro e a necessidade de seguir investindo na América Latina, a Newland, quarta maior fabricante mundial de leitores de códigos de barras, anuncia seu novo programa de canais. A iniciativa está alinhada à estratégia de crescimento da companhia, que vem ampliando sua participação no mercado brasileiro para suportar a demanda na região. A Newland possui presença no Brasil, México, Colômbia, Argentina, Chile, Peru e outros países da região.

A Newland possui cerca de 250 canais indiretos, ou seja, que compram seus produtos através dos distribuidores. A expectativa é nomear até 20 novos canais diretos no Brasil ainda em 2018. O programa de canais da Newland é um dos esforços que a companhia está fazendo para impulsionar e apoiar seu ecossistema de parceiros, e principalmente buscar novas oportunidades de mercado. A presença física tem facilitado a operação no país e possibilitado a companhia tornar-se cada vez mais competitiva, sem abrir mão da durabilidade e robustez de seus equipamentos, qualidades já reconhecidas em todo o mundo.

De acordo com Hernan Campero, VP de Vendas e Gerente Geral da Newland para América Latina, a área de canais possui uma importância estratégica para o crescimento dos negócios da companhia. “Nosso objetivo é expandir nossa presença na região por meio de um modelo de canal de valor agregado. A difusão da marca só é possível com parceiros fortes, bem treinados, motivados e com visão estratégica. Por isso, nossa busca prioriza parceiros que estejam alinhados à nossa estratégia de apresentar, de fato, soluções de qualidade ao mercado”. A Newland atua em diversos segmentos, mas a prioridade atual são os mercados de Varejo, Meios de Pagamento, Bancos, Governo e Mineração.

Dentre as diretrizes voltadas para a área de canais merece destaque a ênfase a ser dada nos treinamentos de capacitação e de suporte, fidelização e sistema de bonificação aos novos parceiros que atingirem a meta. A empresa qualifica os canais por perfil de empresas.

Com 2.800 funcionários e um valor de mercado da ordem de 3 bilhões de dólares (portal Bloomberg), a Newland tem entre seus clientes na América Latina, empresas como o Banco do Brasil e a Soriana, segunda maior rede de supermercados do México e, na Ásia, gigantes como a AliPay, líder chinesa em soluções para pagamento online, com 520 milhões de usuários e os Correios da China, que utilizam atualmente mais de 120 mil coletores de dados Newland. No Brasil, a Newland já comercializou mais de 60 mil leitores, sendo 60% para instituições governamentais, 20% para o segmento bancário e 20% para empresas de varejo.

“Nosso programa visa atender as necessidades específicas da América Latina. Com uma comunidade de parceiros com um conhecimento apurado de nossa tecnologia e que entenda as particularidades de mercado de cada país, conseguiremos manter nossa competitividade em toda a região”, finaliza o Campero.