Startup brasileira atinge meta no KickStarter

InovaçãoMobilidadeNegóciosStartupTablets

A campanha de uma startup brasileira teve por objetivo subsidiar o projeto de construção de um tablet DIY para o ensino de programação para crianças.

A campanha teve por objetivo subsidiar o projeto de construção do MakePad, primeiro tablet DIY (Do It Yourself) para o ensino de programação para crianças. O produto é o único tablet touchscreen de 10,1″ com acesso à internet, sistema operacional personalizado para educação STEM e com aplicações proprietárias para o ensino de programação de computadores.

Segundo informações da Kickstarter, apenas 1/3 de todas as campanhas têm sucesso na plataforma. Além disso, apenas 10% dos projetos ultrapassam a marca de U$ 20 mil. A ação conseguiu arrecadar sete vezes mais do que a média das campanhas de sucesso nos EUA.

Com o objetivo de promover o uso simples de ferramentas que possibilitam os alunos criarem seus próprios games e até música, mesmo sem acesso à internet, a MakePi conta com a expertise da Happy Code que é referência em ensino de tecnologia e inovação para crianças no Brasil e Europa, para desenvolver o MakePad, que com uma abordagem simples e intuitiva, estimula crianças a partir de cinco anos a aprender sobre programação.

“Sabemos o quanto a tecnologia pode gerar soluções que impactam positivamente a sociedade, para isso precisamos ensinar às crianças a melhor maneira para utilizá-la e ao incubar a MakePi, enxergamos a oportunidade de pulverizar o acesso a essa educação. No primeiro momento o tablet estará disponível para venda apenas no varejo norte-americano, mas pretendemos expandir para o Brasil e o restante do mundo em um futuro próximo”, explica César Martins, co-fundador da Happy Code e fundador da startup.

Acompanhando o movimento de educação maker que é uma tendência mundial, a Happy Code, escola de tecnologia e inovação voltada para crianças e adolescentes de cinco a 17 anos, incubou a MakePi, startup brasileira de educação e hardware, que foi um dos destaques na CES 2018, maior evento de tecnologia do mundo, em Las Vegas, nos EUA.