Startup do primeiro robô com IA será acelerada

Inovação

O futuro do robozinho Tinbot não será o mesmo, porque seu projeto foi selecionado como finalista do Ciclo de Capacitação 2018 do InovAtiva.

O futuro do robozinho Tinbot, com inteligência artificial e coração brasileiro não será o mesmo. Isso porque seu projeto foi selecionado como um dos 305 finalistas do Ciclo de Capacitação 2018 do InovAtiva, o maior programa de aceleração de startups do Brasil.

Trata-se de um programa gratuito de aceleração em larga escala, realizado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), com execução da Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI).

O Tinbot foi criado a partir da paixão por robótica e do desejo de aliar esta prática ao desenvolvimento de software de um dos colaboradores da empresa, Marco Diniz Garcia Gomes. O projeto foi iniciado em junho de 2016 e a área de Inovação da DB1 acelerou a ideia por meio de uma parceria entre empresa e colaborador.

O Tinbot é um robô de pequeno porte com fala natural em português, reconhecimento de voz, gestos e expressões. Na DB1, o robô foi desenvolvido para exercer a função de Scrum Master ou líder de projetos, mas o robô é configurável e tem suas ações personalizáveis, de acordo com as necessidades de cada empresa, podendo assumir “personalidades” diferentes como assistente pessoal, professor de inglês, intérprete e recepcionista, entre muitas outras opções.

Junto com o Tinbot, outras seis startups de Maringá e região foram selecionadas. De Maringá a lista inclui iVeris, Playview, MegaSoares QR Code e Vexsoft. Paranavaí e Umuarama foram representadas pelas startups Gemini Cloud Backup e GourmetPDV, respectivamente.

Read also :