Cuba terá internet móvel dentro de um mês

AppsEmpresasLaptopsMobilidadeNegóciosSistema OperacionalSmartphonesTablets

A Etecsa, companhia estatal de telecomunicações de Cuba, começará a fornecer serviços de internet móvel durante a segunda quinzena de julho, segundo fontes da empresa citadas pela Cibercuba . Inicialmente, os bônus de dados serão oferecidos em uma base pré-paga, com taxas vinculadas ao poder de compra dos assinantes e, posteriormente, serão expandidos com várias velocidades e fusos horários. 

A Etecsa fornecerá serviço de internet móvel através de sua rede 2G e 3G, consistindo de 1.400 estações base, das quais cerca de 520 são 3G. A operadora anunciou em meados de abril que havia ultrapassado os cinco milhões de linhas móveis ativas em uma população de quase 11,5 milhões de habitantes. No final de 2016, havia quatro milhões de linhas móveis em Cuba e 4,2 milhões em setembro de 2017.

45% dessas linhas são compatíveis com 3G, implantadas no país no início de março deste ano. A operadora detalhou há alguns meses sua intenção de iniciar a implementação do 4G em 2019, começando com Havana, os polos turísticos e as capitais provinciais.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor