Futebol movimenta e-commerce brasileiro

E-commercee-Marketing

Dados da Linx apontam que procura pela amarelinha foi quatro vezes maior na partida entre Brasil e Sérvia.

A Linx, constatou que o mundial de futebol na Rússia vem se mostrando um excelente impulsionador para o e-commerce. Na primeira fase, houve aumento no interesse por camisas de diversas seleções que entraram em campo e os dispositivos móveis tiveram um grande destaque. Na última partida do Brasil na fase de grupos, as buscas pela camisa da seleção aumentaram quatro vezes assim que o jogo acabou. E, somente no intervalo do jogo contra Sérvia, 85% das pessoas online estavam acessando as lojas pelo celular.
 
Embates agitados e inesperados também contribuíram para o movimento das lojas virtuais. Durante uma das maiores zebras do mundial, o interesse pela peça da Alemanha foi 36% maior do que nos outros dias de Copa, ao mesmo tempo em que a procura pela camisa da Coreia do Sul cresceu 165%. 
 
O confronto entre Inglaterra e Bélgica teve um tímido reflexo no comércio eletrônico. A camisa dos ingleses foi 24% mais visualizada, enquanto a dos belgas registrou aumento de 13%. Já quando Nigéria e Argentina se enfrentaram, o interesse pela vestimenta da seleção africana subiu 94% e, pela dos hermanos, 43%. O levantamento considera as informações de um grupo de clientes da Linx de e-commerce.

Curiosidades da primeira fase
O uso de dispositivos móveis também se tornou protagonista durante o maior evento esportivo do ano. No horário dos jogos, 56% dos usuários navegavam pelos sites no celular. Em dias normais, esse número gira em torno de 44%. Quando a seleção brasileira entrou em campo, o pico foi de 83%.

Quanto à visualização de camisas, o recorde de aumento foi durante a partida entre Islândia e Argentina, na primeira rodada do mundial. O interesse pelo manto da seleção estreante aumentou 238%.

Read also :

Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor