Mosaico Digital Assets projeta faturar R$ 20 milhões em criptomoedas

EmpresasFinançasInovaçãoMobilidadeNegóciosSoftwareStartup

Liderada pelo ex-vice-presidente do Morgan Stanley, ex-COO da Easy Carros e Fundador da Easy Taxi, corretora inicia suas atividades com forte orientação para o usuário e isenção nas taxas de negociação

A Mosaico Digital Asset, acaba de lançar a Modiax (acrônimo para Mosaico Digital Assets Exchange), corretora de criptomoedas que nasceu focada nas necessidades do investidor digital. Projeção da empresa é de faturar R$ 20 milhões em 2018.

A Modiax, que já recebeu R$ 2 milhões de investimento e pretende levantar mais R$ 5 milhões nos próximos meses, nasce com intuito de ampliar ainda mais o número de pessoas que investem em criptomoedas, sendo a primeira corretora de ativos digitais do país a oferecer três meses de isenção nas taxas de negociação.

A intenção por trás dessa ação é poder mostrar a proposta de valor da empresa para o maior número de usuários, para só então definir qual o modelo de cobrança seria o mais justo, de acordo com as necessidades do mercado. Além da isenção de taxas, nesses primeiros três meses, a empresa terá foco no aumento de liquidez da plataforma e na disponibilização de novas moedas.

Para o CEO da empresa, Ythalo Silva, a Modiax preenche um grande gap entre o mercado financeiro tradicional e os players de ativos digitais nacionais. “As experiências que tivemos como investidores em outras plataformas de criptomoedas brasileiras deixaram bastante a desejar: plataformas com instabilidades e lentidão, segurança frágil e preços nas alturas”, comenta.

Ser “focada no usuário” significa que a empresa será aprimorada de maneira colaborativa, em conjunto com seus clientes. Este contato será viabilizado – dentro outras ações – por meio de um fórum de comunidade dentro da própria plataforma, no qual os usuários terão a oportunidade de entrar em contato com a equipe e outros usuários, dando sugestões relacionadas ao produto, serviço e atendimento. “Aprimorar o produto com base no feedback dos usuários resultará em uma boa experiência do cliente e em um atendimento diferenciado de qualquer player atual. Nossa intenção é que o investidor não tenha nenhuma preocupação além do gerenciamento do seu portfólio”, acrescenta Ythalo.

Ythalo Silva, CEO e cofundador da Mosaico Digital Assets, foi COO da Easy Carros e liderou a sua expansão em mais de 30 cidades. Na Alemanha, fundou o Flueent, marketplace de ensino de línguas online e, atualmente, também é sócio da MAR ventures. Já o COO, Cassiano Silvestre, foi Vice-Presidente do Morgan Stanley, sendo responsável pela tecnologia da plataforma de negociação do banco. Também foi Diretor de tecnologia do Banco UBS Brasil e Superintendente de negociações eletrônicas da Corretora Santander. Silvestre também liderou, na antiga BMF Bovespa (Atual B3), a equipe que desenvolveu o SPB (Sistema de Pagamentos Brasileiros) dos Bancos Real, Banestes, BMG, Brascan, Morgan Stanley, Deutsche Bank, entre outros. O CTO, Vinicius Gracia, fundou a Easy Taxi, liderando o time de tecnologia na sua expansão por mais de 30 países, além de ter participado do desenvolvimento do sistema de helpdesk da IBM e de sistemas para a Acer, Packard, entre outros. Gracia foi, ainda, convidado pela AWS para participar do seu Customer Advisory Board, sendo o único convidado da América Latina.

Mercado
Todos os dias são transacionados US$ 40 bilhões em criptomoedas e, apesar de o Brasil ser o sétimo país em número de corretoras, é apenas o 34° colocado em volume de transações, segundo o Morgan Stanley. Se comparado a outros países, o número de brasileiros investindo nas moedas digitais ainda é pequeno. No entanto, ao analisar outras formas de investimento, o volume surpreende. Calcula-se que haja mais de um milhão de pessoas investindo em bitcoin no país, quase o dobro do número de brasileiros que investem na bolsa de valores do mercado tradicional.

A Modiax atenderá dois perfis de público: neste primeiro momento, com o Modiax-PRO, atingirá o investidor avançado, ou seja, aquele que já investiu em criptomoedas, disponibilizando para ele ferramentas avançadas para realizar operações. Dentro de um mês, aproximadamente, a corretora ampliará sua atuação chegando até o investidor de primeira viagem, que nunca teve o contato com a compra de criptomoedas. Para esta pessoa, que busca uma experiência mais simples e intuitiva, a corretora pretende atuar de modo mais pedagógico, apresentando uma interface simplificada, fornecendo toda a informação necessária para que ele consiga realizar operações.

Para Silva, o mercado de ativos digitais, apesar de ainda incipiente, tem um alto potencial de crescimento. “Vendo esse cenário, junto com a Mosaico Digital Assets, pretendemos investir cerca de R$ 20 milhões de reais no setor nos próximos meses, com o objetivo de criar o maior ecossistema financeiro de ativos digitais da América Latina”, revela