Fundação Autodesk e WeRobotics se unem para reduzir a disseminação do Zika Vírus no Brasil

CiênciaInovaçãoInvestigaçãoSoftware

A Fundação Autodesk, criada para apoiar a elaboração de soluções inovadoras para os desafios sociais e ambientais em todo o mundo, se uniu à ONG (organização não governamental) WeRobotics sediada na Suíça com o propósito de usar a robótica para ajudar missões humanitárias e sociais. Recentemente, para colaborar com a Agência das Nações Unidas (AIEA),

A Fundação Autodesk, criada para apoiar a elaboração de soluções inovadoras para os desafios sociais e ambientais em todo o mundo, se uniu à ONG (organização não governamental) WeRobotics sediada na Suíça com o propósito de usar a robótica para ajudar missões humanitárias e sociais.

Recentemente, para colaborar com a Agência das Nações Unidas (AIEA), a WeRobotics se uniu à Moscamed, parceira brasileira, e testou uma nova ferramenta para conter a propagação do vírus Zika na cidade de Juazeiro, na Bahia.
 
A ação consistiu em distribuir, por meio de drones, 280 mil mosquitos machos esterilizados por radiação para que, espalhados na natureza, não pudessem produzir descendentes e, com isso, reduzir a população de insetos aptos a transmitir e disseminar doenças.
 
O uso de drones desenvolvidos e adaptados para esta ação fez com que a ação fosse mais eficiente e produtiva, já que, antes, esse processo era manual.
 
Com o uso de dados no projeto piloto em Juazeiro, a equipe continuará testando e expandindo esta técnica para áreas rurais e urbanas nos próximos seis meses. “A WeRobotics está usando tecnologias de robótica e design para criar impacto positivo”, afirmou Joe Speicher, diretor-executivo da Autodesk Foundation. “O projeto em Juazeiro permite que nossa visão da Autodesk imagine, projete e crie um mundo melhor”.
 
A Fundação Autodesk apoia a WeRobotics por meio de doações financeiras e de software, como o Autodesk Inventor, essencial para o projeto mecânico e de simulação de seus drones.
“A tecnologia da Autodesk nos permite acelerar nosso processo do projeto e interação, e nos ajuda a levar tecnologia de controle de vetores para o serviço de comunidades carentes no Brasil e no mundo”, diz Adam Klaptocz, cofundador da WeRobotics.
 

Read also :