Vendas de smartphones devem cair no Brasil este ano

Mobilidade

As vendas de celulares inteligentes no Brasil em 2019 devem cair 2,4 por cento, para 43,38 milhões de unidades, informou nesta segunda-feira a empresa de pesquisa de mercado IDC, estimando, porém, que a receita com eles deve subir 12 por cento, a 59,6 bilhões de reais.

“A demanda por dispositivos com maior memória interna, câmeras múltiplas, telas maiores e com borda infinita, e recursos inteligentes deve continuar impulsionando as vendas nas faixas média e premium, com um crescente uso dos smartphones para assistir filmes e acesso a conteúdo de streaming media, e como alternativa ao tablet”, disse o analista do IDC Renato Meireles, em comunicado à imprensa.

A queda nas vendas unitárias prevista para 2019 é menor que o recuo estimado pela empresa para este ano no final de 2018, de 4,3 por cento. O crescimento esperado na receita na ocasião era de 7 por cento.

No primeiro trimestre, segundo os dados mais recentes da companhia, as vendas de celulares inteligentes no Brasil caiu 6 por cento sobre o mesmo período de 2018, para 10,7 milhões de unidades. O faturamento, porém, subiu 8 por cento no período, a 13,7 bilhões de reais.

Read also :