SoftBank lidera captação de US$500 mi de unidade autônoma da Didi Chuxing

Negócios

A Didi Chuxing disse nesta sexta-feira que concluiu uma rodada de captação de fundos de mais de 500 milhões de dólares para sua subsidiária de direção autônoma, liderada pelo Vision Fund 2 do SoftBank Group.

A empresa disse em comunicado que a rodada marcou a primeira vez que sua divisão de autônomos conseguiu financiamento externo desde que se tornou uma unidade independente no ano passado e também foi a maior rodada de captação de recursos no setor de direção autônoma da China, avançou a agência Reuters.

A Didi disse que usará o capital para investir ainda mais na pesquisa e desenvolvimento de tecnologia de direção autônoma, além de investir em testes e acelerar a implantação de serviços.

A Didi obteve licenças de testes em vias na Califórnia, Pequim, Xangai e Suzhou, informou o documento. Ela começou a desenvolver e testar veículos autônomos em 2016.

A captação de recursos ocorre quando o SoftBank está vendendo outras participações para arrecadar dinheiro para recompras de ações para impulsionar seu preço, à medida que seus investimentos em tecnologia diminuem. Alguns dos investimentos da empresa japonesa, incluindo a Uber e a cadeia de hotéis indiana Oyo, foram enormemente impactados por medidas de isolamento durante a pandemia de coronavírus.

A tecnologia de direção autônoma continua popular entre os investidores, mesmo em meio à pandemia. Este mês, a Waymo, unidade da Alphabet, captou 750 milhões de dólares em sua primeira rodada de investimentos externos, enquanto a chinesa Pony.ai levantou 462 milhões de investidores em rodada liderada pela Toyota Motor em fevereiro.

Read also :