Totvs e Linx recebem sim do BofA

Empresas

A Totvs e a Linx juntas poderiam ter um valor presente líquido de até R$ 3,8 bilhões, valorizando a fusão, diz relatório do BofA.

O Bank of America (BofA) analisou o possível negócio entre a Totvs e a Linx e publicou relatório nesta sexta-feira. Segundo análise, as sinergias de uma possível junção de negócios para a aquisição da Linx seria maior em relação à Stone, competidora no certame. No caso, Totvs e Linx juntas poderiam ter um valor presente líquido de até R$ 3,8 bilhões.

As sinergias de uma eventual fusão entre Totvs e Linx podem assim vir a adicionar de 5% a 10% ao faturamento combinado das empresas. Já no caso da proposta da Stone, o acréscimo seria apenas de 2% a 3%.

O BofA diz, por isso, que a oferta da Totvs pela Linx é 8% superior ao que está implícito hoje, considerando a combinação de papéis (82% da oferta) e caixa (18%).

Por outro lado, acredita-se que este negócio condutor à fusão entre as duas empresas não enfrentaria grande resistência pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica.

E, embora a Totvs tenha alguns clientes de varejo, sua exposição é complementar à da Linx o que vem favorecer o negócio e a fusão, diz o BofA.