Aprovado auxilio a estudantes

EmpregoGestão

O dispositivo assegura ainda a oferta mensal de 20 gigabytes de acesso à internet para todos os professores do ensino fundamental e médio.

A Câmara dos Deputados aprovou proposta que oferece acesso gratuito à internet para alunos e professores de escolas públicas do ensino básico.

Estão destinados R$ 3,5 bilhões para estados e municípios aplicarem em ações que visam a garantia do acesso à internet, em decorrência da pandemia de covid-19.

Segundo a relatora, a deputada Tabata Amaral, esta iniciativa vai agora atingir 18 milhões de estudantes de baixa renda e 1,5 milhão de docentes durante a pandemia.

O texto prevê que se garanta tanto internet gratuita quanto tablets.

O dispositivo assegura a oferta mensal de 20 gigabytes de acesso à internet para todos os professores do ensino fundamental e médio das redes estaduais e municipais e alunos da rede pública do ensino fundamental e médio.

O programa toma por referência o preço de R$ 0,62 por gigabyte.

Além da internet, a proposta prevê a aquisição de tablets para todos os professores do ensino médio da rede pública vinculados ao CadÚnico.