Brasil e Angola ligados por cabo submarino

Inovação

A Angola Cables já veio negar a informação que foi, entretanto, confirmada pelo secretario Maia Júnior.

A Angola Cables estará a estudar a instalação de um novo cabo submarino que vai ligar Luanda, capital angolana, a Fortaleza.

Mas o mesmo cabo vai ainda unir a cidade cearense, São Paulo e Miami, nos Estados Unidos.

Mas a informação foi dada pelo Diário do Nordeste e, mesmo que a assessoria de imprensa da empresa tenha negado a informação, esta já foi confirmada pelo secretário do Desenvolvimento Econômico do Ceará, Maia Júnior.

Em comunicado, a Angola Cables esclarece que “dentro do plano estratégico da companhia, no momento, não há previsão de investimento em novos cabos submarinos ou ampliação do AngoNAP Data Center no Ceará”.

No entanto, a imprensa brasileira revela que Maia Júnior terá explicado por e-mail a um executivo da Angola Cables que não sabia do sigilo da informação.