E-commerce: Brasil sobe 10 posições no ranking

E-commercee-Marketing

A melhoria da posição tem a ver com a maior confiabilidade postal que os brasileiros começam a demonstrar.

O Brasil ganhou dez posições no mais recente Índice Mundial de Comércio Eletrônico 2020, da Agência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (Unctad).

O país atingiu assim o lugar 62 do ranking, entre 152 países medidos pelo seu grau de preparação no comércio digital entre empresas e consumidores (B2C).

O índice é feito com dados consolidados mas nem sempre mais atualizados.

Diz a Unctad que a melhoria da posição tem a ver com a maior confiabilidade postal que os brasileiros começam a demonstrar.

Este relatório da Agência mostra que 29% dos usuarios brasileiros já fazem compras pela Internet.

Ao mesmo tempo, o país teve um faturamento de quase US$ 20 bilhões em comércio eletrônico B2C.

Read also :